CRUZEIRO SURPREENDE E VENCE O SANTOS NA VILA BELMIRO

O Cruzeiro jogando como visitante soube aproveitar o chance e vencer o Santos em plena Vila Belmiro pelo placar simples de um gol marcado por Thiago Neves, mas o suficiente para somar três pontos e figurar entre os primeiros colocados no campeonato brasileiro.  O jogo marcou a estreia de Rafael Marques no time celeste.

 

Saiba como foi o jogo na Vila Belmiro

 

Com bom volume logo no início da partida, o Cruzeiro criou a primeira chance clara de gol. Após boa troca de passes, aos cinco minutos, Alisson acionou Diogo Barbosa pelo lado esquerdo. O camisa seis procurou por Rafael Marques, que escorou de cabeça, pela linha de fundo. Dois minutos depois, outra jogada parecida. Desta vez, foi Alisson quem cruzou para a área e Arrascaeta cabeceou por cima da meta adversária. Já aos 17 minutos, nova oportunidade por parte do Cruzeiro. Valorizando a posse de bola no campo do adversário, Henrique acionou Alisson dentro da área e o jogador desequilibrado tentou de cabeça, mas foi abafado pela defesa santista. Dominando as ações, o time mineiro continuou propondo o jogo. Isso foi demonstrado quando aos 29 minutos, Lucas Romero aproveitou rebote e chutou forte, rasteiro. O arremate passou à direita do goleiro Vanderlei. O time paulista deu a resposta dois minutos depois. Em rápido contra-ataque, Bruno Henrique invadiu a área do Cruzeiro e chutou forte, para grande defesa de Fábio. Foi a última chance mais importante na etapa inicial, que terminou o jogo empatado e sem gols na Vila Belmiro.

 

Cruzeiro e Santos voltaram buscando aproveitar as chances desperdiçadas durante o primeiro tempo. Pelo lado do time mineiro houve uma alteração, com o zagueiro Dedé substituído por Kunty Caicedo. A primeira chance foi por parte do Santos. Ricardo Oliveira escapou pela direita e chutou forte, pelo lado de fora da rede. Já aos 12 minutos, Mano Menezes promoveu a entrada de Thiago Neves no lugar do uruguaio Arrascaeta. Outro jogador sul-americano, o argentino Ramón Ábila também foi acionado na vaga de Hudson. Em um bom lance aos 27, Alisson e Diogo Barbosa fizeram boa trama pela esquerda do campo. O lateral cruzou com precisão para a área adversária, mas o zagueiro David Braz salvou. Logo em seguida, em um rápido contra-ataque. Thiago Neves e Ábila fizeram bela tabela e o camisa 30 saiu de cara com o gol de Vanderlei, que interceptou o chute do meia. Em outra jogada de ataque do Cruzeiro, aos 34 minutos, uma falta perigosa a favor do Cruzeiro, próxima à linha da grande área. Thiago Neves cobrou, a bola desviou na barreira, e passou com perigo. Depois de tanto arriscar, aconteceu o gol cruzeirense, isso aos 37 minutos. Ariel Cabral fez belo lançamento para Ábila, que limpou a jogada e tocou para Thiago Neves. O camisa 30 antecipou a zaga adversária e completou para as redes fazendo 1 a 0.

 

O Santos em desvantagem por jogar em casa, até buscou pressionar visando pelo menos, o empate, mas sem sucesso na parte final do segundo tempo. E aos 49 minutos, o árbitro  goiano Eduardo Tomaz de Aquino Valadão encerrou a partida. O gol marcado por Thiago Neves determinou a grande vitória do Cruzeiro na Vila Belmiro e somou três pontos importantes ocupando os primeiros lugares da tabela de classificação do brasileiro depois de três rodadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *