CRUZEIRO PERDE PARA O BAHIA PELA QUINTA RODADA DO BRASILEIRO

O Cruzeiro jogando como visitante na Arena Fonte Nova contra o Bahia saiu derrotado por 1 a 0 com o gol de Edigar para a equipe de Salvador. O resultado levou o time mineiro a segunda derrota seguida e cair na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro após cinco rodadas.

 

Saiba mais como foi o jogo

 

O jogo começou na Arena Fonte Nova, em Salvador e logo aos três minutos, Léo errou ao tentar sair jogando onde Henrique teve que derrubar Zé Rafael na entrada da área. Mas para a sorte do Cruzeiro, o meia do Bahia tinha metido a mão na bola ao ‘bater a carteira’ de Léo, e o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães invalidou o lance e o camisa 8 se livrou de ser expulso em campo. Já aos nove minutos, após bola enfiada entre Léo e Henrique, o atacante Edigar Junio entrou livre na grande área, mas o volante improvisado conseguiu chegar na marcação. Contudo o meia Henrique chegou cometendo falta na meia-lua da grande área e levou o cartão vermelho direto após a jogada. Com a expulsão de Henrique, o técnico Mano Menezes mandou o zagueiro Murilo aquecer, mas não colocou o jogador em campo logo de cara e preferiu recuar o volante Ariel Cabral para a zaga. O resultado ocasionou no gol do Bahia que abriu o placar aos 17 minutos do primeiro tempo. A nova improvisação de Mano durou até os 22 minutos e assim ele  promoveu a entrada do jovem defensor sacando Ramón Ábila. A formação com dois zagueiros de origem deu mais consistência ao Cruzeiro, que conseguiu chegar com perigo aos 36 minutos e quase empatou com Robinho, mas o goleiro Jean fez boa defesa. O Bahia respondeu pouco depois em um chute de Juninho que explodiu no travessão de Fábio. O goleiro celeste estava salvando o time de Belo Horizonte e na sequência teve que se esticar todo para evitar o segundo gol na Arena Fonte Nova.

 

Na etapa final, o Cruzeiro voltou melhor em relação a etapa anterior e não empatou a partida aos 14 minutos por milagre. Thiago Neves tabelou com Robinho dentro da grande área e recebeu livre para balançar as redes, mas o camisa 30 celeste não contava com Matheus Reis, que se jogou na frente da bola salvando o Bahia quase em cima da linha. O Cruzeiro atacava e seguia pressionando em busca do empate. Mas em um contragolpe quase levou o segundo gol. Do lado esquerdo, Matheus Reis avançou em velocidade e cruzou para Edigar Junio autor do primeiro gol, mas Murilo se antecipou e cabeceou contra a própria meta acertando a trave. Na sequência, Fábio afastou o perigo. O Cruzeiro não conseguiu empatar na parte final e o Bahia garantiu a vitória magra por um gol, mas o suficiente para somar três pontos em casa e subir na tabela de classificação. O time de Salvador está em sexto lugar com nove pontos, já o Cruzeiro caiu para 10º colocação com sete pontos depois de cinco rodadas disputadas no brasileiro.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *