MARCELO MELO É CAMPEÃO EM WIMBLEDON PELO TORNEIO DE DUPLAS

O brasileiro Marcelo Melo, junto com o polonês Lukasz Kubot, fizeram história ao conquistar o título de duplas masculinas em Wimbledon, neste sábado. Em jogo de quase cinco horas, a dupla do brasileiro bateram o austríaco Oliver Marach e o croata Mate Pavic com as parciais de 5/7, 7/5, 7/6 (7/2), 3/6 e 13/11.

 

Saiba como foi a final de duplas em Wimbledon

 

As duas duplas mostraram a força do saque no primeiro set. Confirmando o serviço de maneira fácil, tanto Marcelo Melo e Kubot quanto Marach e Pavic não tiveram dificuldades em executar seu plano de jogo. Foi apenas no sexto saque da dupla do brasileiro que o austríaco e o croata conseguiram a quebra e obtiveram vantagem no set. No game seguinte, Marach e Pavic confirmaram seu serviço e começaram na frente do jogo, por 7/5. Na parcial seguinte, o equilíbrio da partida permaneceu. Atrás no confronto, Melo e Kubot cometeram três erros não forçados e três duplas faltas. Entretanto, a dupla confirmou todos os saques e ainda quebrou o último serviço de Marach e Pavic, empatando a final. No terceiro set, as duplas executaram um plano de jogo perfeito. As duplas não cometeram erros na rodada, e ambas ganharam todos os games em que sacavam, levando o set para um tie-break, que foi vencido por Melo e Kubot, com um placar de 7/2.

 

Marcelo Melo e a felicidade na grama de Wimbledon (créditos: AFP)

 

Os tenistas Marach e Pavic foram para a quarta parcial precisando repetir a performance do primeiro set, já que estavam atrás na partida. De maneira avassaladora, o austríaco e o croata quebraram dois saques seguidos da dupla do brasileiro e fecharam a rodada com um 6/3, em 42 minutos. A final de Wimbledon foi decidida apenas no quinto e último set, caracterizado pelo principais aspectos da partida: o equilíbrio e o baixo número de erros. Buscando finalizar o jogo, Melo e Kubot executaram muito bem o saque e anotaram impressionantes 13 aces no set. Marach e Pavic responderam à altura, salvando dois match points e permanecendo vivos na partida. Somente no 24º game da parcial que a dupla do brasileiro conseguiu efetuar a quebra de serviço, já que no quinto set não há tie-break.

 

Fonte – Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *