ROBERT KUBICA SUBSTITUI FELIPE MASSA NA WILLIAMS E RETORNA A FÓRMULA 1

O piloto polonês Robert Kubica (foto) foi escolhido para ser o novo piloto da equipe Williams em 2018 no lugar do brasileiro Felipe Massa. A notícia havia sido divulgada no fim de semana pela rede de televisão francesa Canal + e agora foi ratificada pelos portais brasileiros Diário Motorsport e Grande Prêmio. O grupo de apoio do polonês negocia diversas operações para potencializar seu retorno a categoria, e uma das partes envolvidas, em especial, confirmou que o contrato já está assinado. Na cláusula, dois pontos fundamentais a serem observados, com o primeiro é a respeito da condição física do piloto e a segunda quanto a capacidade de andar rápido. A aprovação dos dois quesitos e o aporta financeiro que Kubica irá levar para a escuderia britânica R$ 32 milhões (€8 milhões) para o time de Frank Williams por meio de seus patrocinadores.

 

Robert Kubica chegou a categoria em 2006. Em sua terceira corrida, na Itália, pontuou e ainda subiu ao pódio em terceiro lugar na pista lendária de Monza. No ano seguinte, ele sofreu um acidente fortíssimo no Canadá, mas saiu ileso. Na temporada seguinte, voltou na mesma pista de Montreal e conquistou sua primeira e única vitória na Fórmula 1 com o carro da BMW. Em 2008, o polonês fez um campeonato bom e constante, chegando até a lutar pelo título da temporada contra Lewis Hamilton de Mclaren e Felipe Massa com Ferrari até a penúltima etapa, na China ficando em quarto lugar empatado em pontos com Kimi Raikkonen com 75 pontos, mas perdeu no quesito vitórias para o finlandês. No ano de 2010, Kubica mudou-se para a Renault conquistando pódios e abrindo caminho para se transformar num dos principais pilotos com chances de obter o título mundial. Contudo, no começo de 2011 ele sofreu um grave acidente antes da estreia do campeoanto daquele ano pela Lotus-Renault em uma corrida de Rali em Andorra com um carro Skoda e teve sérios problemas após o acidente, inclusive com seu braço direito que ficou muito danificado. No entanto, o polonês se recuperou e logo voltou às competições.

 

Neste ano, ele realizou dois testes com o carro da Renault, inclusive o modelo deste atual e a Williams com o chassi de 2014. Kubica agora é empresariado pelo ex-piloto e campeão mundial, Nico Rosberg. Robert retorna a categoria depois de sete anos de ausência. Para a vaga de Massa outros nomes foram cogitados como o alemão da Sauber, Pascal Wehrlein, o russo Danii Kyvat que foi dispensado pela equipe Toro Rosso e o reserva da própria Williams, Paul di Resta. A última prova disputada por Kubica foi em Abu Dhabi, em 2010, justamente a mesma pista onde voltará a guiar um carro da categoria. O polonês será companheiro do canadense Lance Stroll que vai para sua segunda temporada pela equipe inglesa. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *