CRUZEIRO PERDE PARA O ZENIT E ESTÁ FORA DA DECISÃO DO MUNDIAL DE VÔLEI

O Cruzeiro deu adeus neste sábado ao sonho de conquistar o tetracampeonato mundial de vôlei na Polônia. Na semifinal, disputada contra o Zenit Kazan da Rússia, na Tauron Arena, na Cracóvia, o time brasileiro foi superado por 3 sets a 0, com parciais de 25/23, 25/19 e 25/18. Neste domingo, a equipe mineira disputará o terceiro lugar contra o perdedor da segunda semifinal, entre o Lube Civitanova eda Itália ou os poloneses do Skra Belchatow.

 

Saiba como foi a partida

A semifinal começou em quadra com bom rally que terminou com o ataque de segunda do levantador cruzeirense. O saque russo entrou pesado, e mesmo assim o time brasileiro conseguiu abrir pequena vantagem em 5/2, mas os adversários se recuperaram no jogo. No ataque para fora de Filipe, o Zenit ficou na frente, 7/8. Os dois times se alternaram na liderança do placar, mas a equipe russa teve melhor aproveitamento na virada de bola quando o placar registrava 14/16. O volume defensivo do Zenit Kazan fez diferença na reta final do set, assim como o serviço. Após bom saque de Matt Anderson o clube europeu aumentou a diferença 17/21. O Cruzeiro reagiu com uma boa sequência de saques de Uriarte, mas não o suficiente para poder tirar a vitória do Kazan por 23/25 e fechar a parcial em 1 a 0.

 

No segundo set começou com o Zenit impondo o ritmo de jogo. Com um potente saque de León, o time russo abriu três pontos na primeira parada obrigatória em 5/8. O Cruzeiro tinha dificuldades para passar do bloqueio adversário. O técnico Marcelo Mendez parou o jogo pela segunda vez no set quando os russos abriram o marcador em 8/14 após ponto de saque de León. O domínio russo forçou o técnico cruzeirense a mexer na equipe. O treinador do time brasileiro fez a inversão com Cachopa e Alemão. A mudança fez efeito e ritmo de jogo e o Cruzeiro reagiu pontuando três vezes consecutivas com o placar mostrando 16/22. Mesmo com a melhora no final, a equipe brasileira não resistiu à pressão russa e o Zenit fechou o placar com 19/25.

 

Pelo terceiro set da partida o time russo continuou a pressionar bastante no saque e neutralizar as ações do Cruzeiro, deixando margem para os contra-ataques. O time de Belo Horizonte até trocou o levantador com Fernando Cachopa no lugar de Uriarte. Mesmo assim, o Zenit Kazan seguiu em melhor ritmo e abriu três pontos em 5/8. O bloqueio tornou-se peça chave para o clube russo no  terceiro set. O central Gutsalyuk fechou a porta para Leal e fez mais um ponto para os europeus cravando 11/15. O técnico Marcelo Mendez pediu tempo para reorganizar o Cruzeiro em quadra, mas os adversários seguiram bem no saque e na disputa de bola perante os contra-ataques, como o jogador León que se destacava e ainda aumentou a vantagem russa para 15/21. O Zenit Kazan com supremacia não deu chances de uma possível reação do Cruzeiro e fechou o jogo no ataque de Anderson pelo fundo, 18/25 e fazendo 3 sets 0 e garantindo vaga na decisão do mundial de clubes de Voleibol neste domingo. Já o Cruzeiro irá buscar pelo menos o pódio na disputa do terceiro lugar da competição internacional, na Polônia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *