ATLÉTICO E BOA ESPORTE FICAM NO EMPATE SEM GOLS NA ESTREIA DO CAMPEONATO MINEIRO

Saiba como foi o jogo sem gols disputado no estádio do Melão, em Varginha

O jogo começou em Varginha com o Atlético atacando logo no começo e teve escanteio pela direita no primeiro minuto de partida. Danilo fez a cobrança na segunda trave e a arbitragem marcou falta de ataque do zagueiro Bremer. Em tentativa de contra-ataque, aos sete minutos, Erik lançou Carlos pelo meio e a defesa do Boa Esporte fez a antecipação. Em seguida, Gustavo Blanco invadiu a área pela direita e o goleiro Fabrício saiu do gol para fazer a defesa e salvar a equipe do sul de minas. Com dez minutos, após um bom lançamento de Danilo, Hyuri cruzou pela direita e Carlos finalizou para a defesa de Fabrício. Em novo ataque alvinegro, Gustavo Blanco tomou a bola do adversário e na intermediária ofensiva e, na sequência da jogada, Erik foi travado na hora do cruzamento.

Em uma investida atleticana, Valdívia cobrou o escanteio pela esquerda e a bola atravessou a grande área. Patric cruzou pela direita, isso aos 17 minutos, Logo depois, Carlos tentou o cabeceio e pegou apenas de raspão na bola, que acabou dominada pela defesa local. Em outro lance, Hyuri foi à linha de fundo, cruzou rasteiro e Carlos foi travado pelo zagueiro. Outra boa oportunidade atleticana aconteceu aos 33 minutos, quando Hyuri recebeu lançamento de Matheus Mancini, ajeitou de peito e Gustavo Blanco tentou por cobertura, mandando a bola por cima do gol.

Nas últimas chances do primeiro tempo, uma oportunidade clara para cada lado, o goleiro Fabrício interceptou cobrança de escanteio de Danilo e Lucas Hulk finalizou para fora, naquela que foi a única boa oportunidade do Boa Esporte sobre o gol de Victor durante toda a etapa inicial.

O Atlético voltou do intervalo com a mesma formação. No primeiro ataque, Erik disparou pela esquerda, chegou à linha de fundo e cruzou para Carlos, que não conseguiu a conclusão. Com oito minutos, Valdívia levantou a bola na área e o goleiro Fabrício tirou de soco. Em seguida, em outro lance de Erik onde cruzou pela esquerda e Valdívia não conseguiu o domínio. Patric cruzou pela direita, aos onze minutos, e a defesa do Boa Esporte fez o corte pelo alto. Já aos 20 minutos, Patric recebeu ótimo passe de Gustavo Blanco e cruzou rasteiro, mas a bola atravessou a grande área.

No ataque seguinte, Valdívia levantou bola na área, Blanco desviou e Carlos tentou finalizar, mas ergueu muito o pé e o árbitro Cleisson Veloso Pereira marcou falta de ataque. Hyuri foi substituído por Marco Túlio, aos 27 minutos. Pouco depois, Valdívia cobrou escanteio fechado pela esquerda e o goleiro Fabrício tirou de soco. Danilo fez bom cruzamento aos 34 minutos e o zagueiro desviou para impedir a conclusão de Marco Túlio. Com 36 minutos do segundo tempo, Patric cruzou e Elivélton cortou de cabeça. Marco Túlio quase marcou aos 37 minutos, mas a bola parou na boa defesa do goleiro Fabrício em dia inspirado e de grande desempenho para sua equipe.

Em seguida, Mancini conseguiu desvio na pequena área e a bola foi para fora. Na parte final do jogo, isso aos 43 minutos, Pablo entrou no lugar de Erik. Em sua primeira participação, o jogador cruzou pela direita e o goleiro Fabrício fez a defesa. Valdívia sofreu falta na intermediária, aos 46 nos acréscimos, ele mesmo cobrou e a bola saiu por cima do gol, rente ao travessão. Logo depois o árbitro Cleisson Veloso Pereira encerrou a partida, no estádio do Melão, em Varginha e a bola não balançou as redes em nenhum momento e tanto Atlético e Boa Esporte somaram um ponto na estreia do campeonato mineiro 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *