CRUZEIRO VENCE O BOA ESPORTE E GARANTE VAGA NA PRÓXIMA FASE DO MINEIRO

Saiba como foi a vitória do Cruzeiro diante do Boa Esporte no estádio do Mineirão

O Cruzeiro começou arrasador e abriu o marcador logo aos dois minutos, com Rafael Sobis após ter recebido um cruzamento na medida de Mancuello e, dentro da pequena área, finalizou sem chance alguma para o goleiro Fabrício. Com o domínio completo das ações, o time de Belo Horizonte seguiu buscando o ataque e quase ampliou, nos chutes de Mancuello e Thiago Neves, o primeiro deles acima do gol e o outro defendido por Fabrício. Com 22 minutos, o goleiro do Boa defendeu finalização de Mancuello e, no rebote, Thiago Neves acertou a trave.

O Boa Esporte no setor defensivo só conseguiu chutar a gol aos 34 minutos, com Jhon Cley, mas a bola saiu bem acima do gol, sem perigo algum. Já o Cruzeiro seguia dando trabalho a Fabrício, que fez grande defesa em um chute cruzado de Sobis. Com grande atuação, o argentino Mancuello ampliou aos 39 minutos, após lançamento primoroso de Raniel, chutando na saída de Fabrício e fazer 2 x 0. Nos acréscimos aos 45 minutos, o Cruzeiro quase fez mais um gol do zagueiro Dedé, que subiu mais que a marcação e cabeceou forte, mas o goleiro do Boa Esporte Fabrício fez outra importante defesa, evitando o gol do rival.

Com o placar bem favorável, o Cruzeiro valorizou mais a posse da bola no segundo tempo, trocando passes e mantendo o comando das ações. Já o time de Varginha tentou sair mais para o jogo, mas não conseguiu superar a forte marcação do Cruzeiro, no Mineirão. Soberano em campo, o time da capital Belo Horizonte teve tudo para aumentar a vantagem no placar, em um chute forte, cheio de efeito, de Lucas Romero, após passe de Thiago Neves. Mas o goleiro Fabrício fez outra ótima defesa, salvando o Boa Esporte mais uma vez. O uruguaio Arrascaeta, que entrou no lugar de Thiago Neves, também teve chance reais de poder ampliar o marcador.

O jogador recebeu lançamento de Henrique e chutou para o gol. Fabrício fez outra excelente defesa e colocou para escanteio. Mas, na parte final da partida aos 42 minutos, finalmente saiu o terceiro do Cruzeiro, novamente através de Rafael Sobis, em um chute de fora da área, no canto esquerdo do gol, sem chance alguma para Fabrício e fazer 3 x 0 e garantir a primeira posição da classificação do Campeonato Mineiro com 22 pontos. Já o Boa Esporte com esta derrota soma 11 pontos e está no momento em sexto lugar. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *