CRUZEIRO DÁ SHOW E APLICA GOLEADA NO MINEIRÃO PELA LIBERTADORES

Confira como foi a partida que contou com sete gols no estádio do Mineirão

O jogo começou e logo nos primeiros minutos já demonstrava maior poderio do Cruzeiro diante do Universidad de Chile. O time brasileiro só precisou de nove minutos para abrir o marcador. Na jogada Thiago Neves sofreu falta na entrada da área. Ele mesmo cobrou a falta e balançou as redes ao fazer 1 a 0. O gol inflamou ainda mais o jogo e com forte apoio vindo por parte das arquibancadas. Foram mais oito minutos até acontecer o segundo gol. O Cruzeiro ampliou o placar com Rafinha, de cabeça, completando a boa jogada criada por Thiago Neves e Sassá. Somente após os gols, a equipe do Universidad de Chile se arriscou mais. Mas os visitantes levaram pouco perigo à meta defendida por Fábio. Quem fez mais um foi o Cruzeiro. O jogador Sassá, bateu o pênalti, aos 42 minutos. Na parte final do primeiro tempo aos 45, complicou ainda mais para o time chileno. O zagueiro Vilches foi expulso.

 

O segundo tempo assim que começou com mais uma expulsão de um jogador da La U. E foi mais um zagueiro no caso de Echeverría. Com dois a menos, não teve jeito. Com sete minutos, o uruguaio Arrascaeta mandou para as redes a bola cruzada por Edilson. As chances seguiram para o Cruzeiro. Depois de desperdiçar uma chance, Sassá marcou o segundo dele e o quarto do Cruzeiro, aos 16 minutos. O time brasileiro era absoluto e com 29 minutos, Thiago Neves fez o placar incrível de 6 a 0. O passeio ficou completo quando Rafael Sóbis entrou em campo e deixou o seu gol marcando o 7 a 0, isso aos 35 minutos. Com o jogo mais que definido, o Cruzeiro só manteve que administrar a enorme vantagem ao trocar passes, com gritos vindos da torcida de “olé”. Com 46 minutos, o jogo acabou e o Cruzeiro demonstrou enorme autoridade e fez história no Mineirão e está na luta para buscar uma das vagas na próxima fase da Libertadores pelo Grupo 5. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *