FELIPE MASSA DEIXA APOSENTADORIA E RETORNA À FÓRMULA 1 EM 2017

O brasileiro Felipe Massa (foto) está de volta as pistas na Fórmula 1, e o piloto retorna justamente para equipe Williams quando correu até o ano passado e anunciou sua aposentadoria da categoria. Diante da confirmação do atual campeão, Nico Rosberg uma semana após conquistar o título de 2016 ter divulgado sua aposentadoria, abriu-se uma vaga na equipe Mercedes para correr ao lado de Lewis Hamilton no campeonato deste ano. O lugar mais cobiçado do grid pela atual tricampeã de equipes e pilotos foi especulado por vários nomes, no final do ano e começo de 2017, mas quem garantiu o acento foi o finlandês Valtteri Bottas que estava garantido na Williams para esta temporada, contudo a cúpula da Mercedes precisava de um piloto experiente por causa das mudanças drásticas dos carros em comparação ao ano passado e a equipe alemã não perdeu a oportunidade e finalizou uma oferta chegando a um acordo com o time de Grove em receber os motores sem custos de pagamento e na troca garantir Bottas como piloto Mercedes.

 

Outro postulante para esta vaga foi Pascal Wehrlein que disputou a temporada passada na Manor e foi anunciado para competir pela Sauber na semana passada. Com toda esta movimentação do mercado de pilotos, surgiu a possibilidade do retorno de Massa na F-1. A Williams assinou, na manhã desta segunda-feira, com o brasileiro por mais uma temporada, para ser companheiro do novato canadense Lance Stroll- campeão da F-3 Europeia em 2016 e ajudar no desenvolvimento dos novos chassis de 2017.

 

Esta é a 15ª participação de Felipe Massa na categoria. O brasileiro estreou em 2002, correndo na Sauber e, de lá para cá, o piloto natural de Botucatu (SP) só ficou de fora da temporada 2003 quando atuou na função de piloto de testes na Ferrari. Correu pelo time italiano entre 2006 a 2013, e estava na própria Williams desde 2014 até o ano passado. Massa com 250 grandes prêmios disputados venceu 11 corridas, subiu ao pódio por 41 vezes e acumulou 1124 pontos, além de ter sido vice-campeão mundial em 2008- quando perdeu no Brasil o título para Hamilton por um ponto numa das maiores decisões na história da Fórmula 1.

 

Com a confirmação da volta de Massa, o Brasil pelo menos garante uma vaga no grid em 2017. O xará Felipe Nasr torce pela sobrevivência da equipe Manor e possa lutar por uma das duas vagas restantes antes dos testes de pré-temporada entre o fim de fevereiro e  o início de março que será na pista de Barcelona (Espanha).

Deixe uma resposta

Topo