THIAGO NEVES PODE ESTREAR PELO CRUZEIRO NA PRÓXIMA SEMANA

Reportagem – Frederico Mesquita atualização 21:00hs.

 

THIAGO NEVES É LIBERADO PELA FIFA E DEVE ESTREAR NA PRÓXIMA QUARTA-FEIRA PELA COPA DO BRASIL
Acabou a novela! O meia Thiago Neves (foto), principal reforço do Cruzeiro para o ano de 2017, teve documentação liberada pela FIFA nesta sexta-feira. Agora ele já pode ser inscrito pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em seu Boletim Informativo Diário (BID), para estrear com a camisa celeste. A tendência e a expectativa da diretoria é que até segunda-feira (20), o jogador esteja regularizado e à disposição do técnico Mano Menezes. Presente de aniversário da diretoria liderada pelo presidente Gilvan de Pinho Tavares, Thiago Neves firmou contrato com o Cruzeiro com duração de três anos. Oficializado pelo Cruzeiro no dia 5 de janeiro, Thiago Neves buscava condição legal de jogo há mais de um mês para começar a cumprir seu contrato, válido por três temporadas.

 

PRONTO PARA JOGAR – Mesmo longe dos gramados, o jogador tem participado ativamente, desde o início da pré-temporada, dos trabalhos orientados por Mano Menezes e seus auxiliares na Toca da Raposa II. O atleta foi elogiado pelo comandante devido ao preparo físico e condição ideal para a estreia com a camisa celeste. A expectativa é que o primeiro jogo seja na próxima quarta-feira, em confronto pela Copa do Brasil, contra o São Francisco (PA), no Mineirão. Natural de Curitiba, Thiago Neves foi revelado pelo Paraná Clube e teve passagens destacadas pelos times cariocas do Fluminense e Flamengo no cenário do futebol nacional. Fora do país, o atleta atuou por clubes da Alemanha, Japão, Arábia Saudita e Emirados Árabes, onde defendeu recentemente o Al-Jazira.

 

NOVO REFORÇO – O Cruzeiro confirmou Eduardo Freeland, que estava no Botafogo, como novo diretor da base da equipe. Já em Belo Horizonte, Eduardo Freeland, já iniciou suas atividades pelo Cruzeiro, rasgou elogios ao clube e não escondeu a satisfação pelo novo desafio assumido. No futebol desde os 12 anos, Eduardo foi jogador de base até os 18 anos, atuando por Fluminense, Barra da Tijuca e Olaria, mas logo depois optou por seguir carreira acadêmica. Formado em Educação Física pela UFRJ (Unidade Federal do Rio de Janeiro), com Pós-graduação e MBA em Gestão e Marketing Esportivo, o dirigente passou por Madureira, América-RJ e Botafogo, este último revelou diversos jogadores e conquistou títulos de expressão como o Campeonato Brasileiro Sub-20 do ano passado.

Deixe uma resposta

Topo