CRUZEIRO EMPATA CONTRA A URT EM PATOS DE MINAS PELO CAMPEONATO MINEIRO

O Cruzeiro foi até a cidade de Patos de Minas enfrentar a URT pela quarta rodada do estadual. O time celeste saiu na frente com gol de pênalti marcado por Ábila, mas os donos da casa conseguiram empatar. O resultado deixa a equipe de Belo Horizonte mais longe da liderança ao fim desta rodada que termina neste domingo (19).

 

Confira como foi o jogo em Patos de Minas

 

O Cruzeiro começou pressionando na saída de bola e tentando surpreender no início. Já a URT teve mais calma para fugir da forte marcação do time de Belo Horizonte que jogou de branco e tentou as primeiras jogadas pela esquerda. A marcação alta deu resultado logo aos oito minutos, quando Alisson aproveitou um erro do adversário, roubou a bola na entrada da área e cruzou, mas a zaga da URT afastou. O Cruzeiro teve mais uma boa chance com Ábila. O argentino recebeu na esquerda, já dentro da área, e tentou driblar o zagueiro, que desarmou o lance. O atacante pediu pênalti em um toque de mão do defensor, mas o árbitro Emerson de Almeida Ferreira mandou seguir. A URT conseguiu equilibrar o confronto quando aos 25 minutos, Marques recebeu um cruzamento pela esquerda e cabeceou firme, onde Rafael fez boa defesa e a única no primeiro tempo. O time mandante procurou espaços para finalizar, mas a defesa cruzeirense não deixou. O Cruzeiro teve algumas chances na primeira etapa como no chute frontal de Alisson de fora da área em jogada individual de Alex, desarmado pela zaga, e quando Fabrício tocou para o meio da área, mas a defesa do URT conseguiu o corte. O empate sem gols foi o placar da primeira metade da partida, no Zama Maciel.

 
No intervalo, Mano Menezes tirou Alex e promoveu Rafael Sobis. O atacante entrou bem no jogo, ajudando na movimentação e criando boas oportunidades. Em um lance ele finalizou com muito perigo, obrigando Juninho a fazer boa defesa. Na sequência, o goleiro da URT foi exigido mais uma vez após um belo chute de Alisson. Um minuto depois, Rafinha foi derrubado por Luan na grande área, e o árbitro marcou o pênalti. Ábila cobrou rasteiro, no canto esquerdo de Juninho que caiu para o lado errado e abriu o marcador fazendo 1 a 0. Rodrigo Santana, treinador da URT, também mexeu na equipe de Patos de Minas para mudar o jogo. Edmar deixou o campo para a entrada de Rafael Oller, e Gabriel Ceará entrou no lugar de Marques. O resultado funcionou e aos 23 minutos, Gabriel Ceará recebeu a bola de Carlinhos, invadiu a grande área e finalizou no canto de Rafael, sem chances para defender e empatar o jogo. O duelo continuou movimentado após o gol da URT, e Mano Menezes fez mais duas alterações com Elber no lugar de Alisson, e Diogo Barbosa no lugar de Rafinha.

 

A URT quase virou. onde aos 30, Cascata levantou a bola na área, e a defesa afastou parcialmente e Carlinhos finalizou com muita força, levando perigo ao gol de Rafael. A bola ainda raspou no travessão antes de sair pela linha de fundo. O Cruzeiro reagiu com Ábila disputando com Luan na área e pediu pênalti e seguiu o jogo. No fim as duas equipes procuravam espaços para finalizar, mas sem sucesso. E o placar final em Patos de Minas terminou mesmo com um gol e ponto para cada lado.

 

 

 

Deixe uma resposta

Topo