CRUZEIRO VENCE O BOHEMIOS PELO SUL-AMERICANO DE VÔLEI E VAI AS SEMIFINAIS

O Cruzeiro enfrentou a equipe do Bohemios (Uruguai), nesta quinta-feira, pelo Campeonato Sul Americano de Vôlei Masculino, e confirmou seu total favoritismo em quadra. Em duelo realizado no ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros (MG), o time celeste não teve muitas dificuldades e assim despachou o adversário o time uruguaio por 3 sets a 0 com as parciais de 25/17, 25/12 e 25/12 e garantiu vaga nas semifinais do torneio como primeiro colocado do Grupo A.

 

Saiba mais como foi o duelo em quadra

 

O Cruzeiro entrou em quadra na noite desta quinta feira e não teve muitas dificuldades durante todo o confronto. No primeiro set, o Cruzeiro foi soberano e logo abriu uma vantagem confortável por 14 a 7 sobre o Bohemios logo na metade da disputa após uma sequência de bons saques de Felipe. Na parte final, o time uruguaio até tentou conseguir fazer mais pontos, mas o set se encerrou com o placar de 25 a 17 para a equipe mineira. O segundo set foi ainda mais fácil e tranquilo para o clube de Belo Horizonte (MG). Com bom desempenho do início, durante e no fim do segundo set, o Cruzeiro não sofreu sustos e assim fechou a parcial em 25 a 12. Como no anterior, o terceiro set foi ainda mais tranquilo para o time celeste. Na parte final da disputa, o Cruzeiro chegou a abrir incríveis 19 a 6 de vantagem.

 

O desempenho dos atletas do time brasileiro em relação aos uruguaios era bem superior, e ainda cedeu alguns pontos para a equipe do Bohemios nos instantes finais, mas não conseguiu ameaçar a grande vantagem do Cruzeiro no jogo e com facilidade fechou o marcador com outro 25 a 12 e decretou a vitória e a liderança do Grupo A da competição continental. Agora o Cruzeiro que é o atual campeão do Sul Americano, vai em busca de seu quarto título na história do torneio. A conquista da taça garante também uma vaga na disputa do Mundial de Clubes de Vôlei, que será realizado no mês de dezembro, na Polônia.

 

Fonte – Superesportes

 

Deixe uma resposta

Topo