CRUZEIRO FOLGA NO CARNAVAL E JOGADORES RETORNAM NA TERÇA FEIRA

Reportagem Frederico Mesquita

 

JOGADORES SÃO LIBERADOS PARA O CARNAVAL E RETORNAM ÀS ATIVIDADES NA TERÇA-FEIRA

 

Os jogadores do Cruzeiro foram liberados pela comissão técnica para descanso. O treinador Mano Menezes pediu que todos aproveitem “de maneira equilibrada” e se reapresentem em boas condições na próxima terça-feira (28), quando será iniciada a preparação visando o jogo contra a Caldense de Poços de Caldas pelo Campeonato Mineiro. As equipes vão se enfrentar na próxima quinta-feira, às 20h30, no Mineirão. Até aqui, o Cruzeiro está em alta na temporada. Pelo estadual ocupa a vice-liderança, com 10 pontos. Na Primeira Liga, é o primeiro colocado do Grupo C, com seis pontos. Já na Copa do Brasil, o time celeste bateu o Volta Redonda por 2 a 1, pela primeira fase, e o São Francisco goleando com o placar de  6 a 0, pela segunda fase. A equipe ainda superou o Brasília no amistoso de pré-temporada garantindo 8 a 2 no marcador.

 

ÓTIMO APROVEITAMENTO – Seis gols em seis jogos oficiais. Nove tentos em sete apresentações. Com média superior a um gol por partida (1,28). Na função de referência do ataque, Rafael Sobis (foto) conseguiu destaque maior pelo Cruzeiro. Além de ficar mais próximo da meta adversária, o camisa 7 tem liberdade para sair da área e participar do toque de bola e da construção de jogadas. Ele contribuiu com três assistências na temporada. As estatísticas de Sobis na partida de quarta-feira contra o São Francisco (PA), pela segunda fase da Copa do Brasil, refletiram o padrão de jogo estabelecido por Mano Menezes em 2017. O atacante, que marcou quatro gols na vitória por 6 a 0 no Mineirão, acertou 41 passes – número superior ao do colega Arrascaeta (33). Em 2016, o jogador atuava aberto pelas beiradas de campo.

 

Sem tantas ocasiões claras de gol e diante de adversários mais qualificados (Campeonato Brasileiro e fases avançadas da Copa do Brasil), Sobis marcou apenas quatro vezes em 28 partidas. Adiantado por Mano Menezes em 2017, o atacante contratado ao Tigres (México) multiplicou as bolas na rede e assumiu a artilharia do elenco. Constantemente, Mano Menezes é perguntado sobre a concorrência por posição entre Rafael Sobis e Ramón Ábila. Isso porque o argentino também apresenta bons números pelo Cruzeiro – seis gols em seis jogos em 2017 e 18 gols em 34 partidas desde que foi contratado, em junho de 2016. Na cabeça do treinador, por enquanto, Sobis está em vantagem pela titularidade.

 

LUCAS SILVA OU CABRAL?

 

Bastaram três partidas incompletas para Lucas Silva mostrar que está mesmo disposto a repetir as atuações que o fizeram ser considerado um dos destaques no bicampeonato brasileiro do Cruzeiro. A busca pela titularidade, entretanto, esbarra nos números consistentes e nas boas apresentações de Ariel Cabral, concorrente pela vaga no meio. Criticado por parte da torcida, o volante argentino tem se mostrado peça importante no time de Mano Menezes. Mas, Cabral e Lucas Silva podem jogar juntos? Sim. Na partida dessa quarta-feira contra o São Francisco (PA), os dois atuaram ao mesmo tempo. Mas não é essa a ideia do treinador, que considera Henrique titular absoluto.

Deixe uma resposta

Topo