BOA ESPORTE PERDE NOS PÊNALTIS PARA O GOIÁS E DEIXA COPA DO BRASIL

O Boa Esporte enfrentou o Goiás pela segunda fase da Copa do Brasil e, mesmo jogando no estádio do Melão, em Varginha contando com o apoio dos torcedores não conseguiu superar o time goiano e assim deixou a competição nacional após a dramática cobrança das penalidades. O Goiás enfrenta agora o classificado do duelo entre Ponte Preta e Cuiabá.

 

Saiba como foi a partida em Varginha

 

A partida começou em bom ritmo no estádio do Melão, em Varginha com o Goiás dominando as ações ofensivas durante a primeira etapa. Com maior posse de bola, a equipe goiana permaneceu no campo de ataque e não sofreu qualquer susto por parte do Boa Esporte que era o time mandante do jogo. Marcelo Rangel foi um mero espectador. Mas, essa supremacia não foi traduzida em forma de gols. O time criou apenas duas boas oportunidades. Em uma delas aos nove minutos com Aylon recebendo de Léo Sena e chutou para boa defesa do goleiro Luan Polli. Depois, aos 30, foi a vez do artilheiro Léo Gamalho cabecear para fora e a primeira etapa confirmar o placar zerado.

 

Na volta do vestiário e no segundo tempo de partida, o time do sul de minas voltou com outra postura em campo. Leleu teve ótima chance de fazer o gol aos 13 minutos, depois de uma cobrança de falta na grande área. A bola sobrou para o meio onde chutou com perigo. Logo em seguida, Marcelo Rangel salvou o Esmeraldino em uma conclusão de Silas. O Goiás, por sua vez, caiu de rendimento e não demonstrava a mesma soberania do primeiro tempo. Além de tomar pressão do Boa Esporte, o alviverde não conseguia chegar ao ataque do rival. A primeira conclusão foi aos 34 minutos, quando Thalles chutou perto. Gamalho ainda tentou pela última vez na parte final do jogo, mas Polli voou defendeu e levar o duelo para os pênaltis.

 

No drama e a sorte das penalidades, houve os gols de Léo Gamalho, Everton Sena e Léo Sena para a equipe do Goiás, enquanto Victor Bolt e Tiago Luís perderam em suas cobranças. Para o time mineiro, Josué e Radamés balançaram as redes. Contudo, os jogadores Ramon, Jean e Michael pararam nas defesas de Marcelo Rangel, que colocou o Goiás na terceira da Copa do Brasil. Já o Boa Esporte perdendo em casa deixa a competição e tem agora dois desafios em campo. O primeiro trata-se do Campeonato Mineiro pelo módulo II e a disputa do Campeonato Brasileiro da série B, onde ainda irá enfrentar o próprio Goiás em duas partidas em turno e returno pela competição nacional.

 

Fonte – Globoesporte.com

 

Deixe uma resposta

Topo