KIMI RAIKKONEN TERMINA NA PONTA NO ÚLTIMO DIA DE TESTES EM BARCELONA

O piloto da Ferrari foi o mais rápido no último dia da primeira fase dos testes na pré-temporada no circuito de Barcelona, que teve a pista molhada na parte da manhã e seco no período da tarde. O brasileiro Felipe Massa não participou desta sessão por causa da batida de ontem do novo companheiro de Williams, o jovem Lance Stroll.

 

Confira como foi o último dia de testes

 

A Ferrari liderou o último dia do primeiro teste de pré-temporada da Fórmula 2017, com o finlandês Kimi Raikkonen superando a Red Bull do jovem holandês Max Verstappen. Em um dia onde a pista de Barcelona foi artificialmente molhada durante a noite e também na hora do almoço. Poucas equipes fizeram uso da pista molhada, como Valtteri Bottas da Mercedes foi um dos poucos pilotos ao completar muitas voltas antes que a pista ficasse seca. Verstappen ficou rapidamente na topo da tabela, quando superou o tempo da manhã de Raikkonen, mas o piloto da Ferrari foi o mais rápido com pneus macios ao terminar a sessão. No final, Kimi cravou o tempo de 1:20.872 ficando 0,897s à frente de Verstappen. A Mercedes encerrou seus testes, depois que os Engenheiros “encontraram algo nos dados que não gostaram”. Já o britânico Jolyon Palmer melhorou no final do treino para a equipe Renault e assumiu depois de Nico Hulkenberg na parte da tarde para saltar para o terceiro lugar com os pneus macios.

 

Os pilotos Romain Grosjean (Haas) e Antônio Giovinazzi (Sauber) foram os competidores mais ocupados pela manhã e ficaram em quarto e quinto lugares no final. O italiano da Sauber que substitui o lesionado Pascal Wehrlein ficou em quarto lugar com ultra macios, mas ele perdeu a posição quando Grosjean usou os compostos super macios nos últimos 15 minutos, onde completou ao todo 118 voltas. Sergio Perez conseguiu chegar ao terceiro lugar com super macios no meio da tarde com o carro da Force India, conseguindo várias voltas em um bom ritmo, mas com as melhorias de outras equipes, o mexicano ficou em sexto lugar. O sétimo lugar foi da McLaren com o belga Stoffel Vandoorne, que usou ultra macios para ir um pouco mais rápido que o companheiro Fernando Alonso, no mesmo pneu na quarta-feira. Na parte inferior da tabela, a Toro Rosso teve um dia para esquecer, só completou uma volta na parte da manhã com o russo Daniil Kvyat.

 

A equipe então optou por trocar o motor Renault, com o objetivo de dar aos seus pilotos algumas voltas na parte da tarde, mas o novo modelo STR12 não saiu da garagem. A Williams não testou no último dia, por causa dos danos sofridos ontem quando o estreante canadense Lance Stroll bateu o modelo FW40. Assim, o brasileiro Felipe Massa não pôde desenvolver o bólido da escuderia britânica. O segundo teste da pré-temporada em Barcelona começa na próxima terça-feira, no dia 07 de março na preparação, antes da prova de abertura do campeonato mundial, o Grande Prêmio da Austrália que será disputado no dia 26 de março, no circuito do Albert Park, em Melbourne.

 

CONFIRA OS TEMPOS DESTA QUINTA-FEIRA

 

1) Kimi Raikkonen (Ferrari), 1:20.872 (macios), 92 voltas
2) Max Verstappen (Red Bull), 1:21.769 (macios), 85
3) Jolyon Palmer (Renault), 1:21.778 (macios), 39
4) Romain Grosjean (Haas), 1:22.309 (supermacios), 116
5) Antonio Giovinazzi (Sauber), 1:22.401 (ultramacios), 84
6) Sergio Perez (Force India), 1:22.534 (supermacios), 82
7) Stoffel Vandoorne (McLaren), 1:22.576 (ultramacios), 66
8) Valtteri Bottas (Mercedes), 1:23.443 (macios), 68
9) Nico Hulkenberg (Renault), 1:24.974 (macios), 51
10) Daniil Kvyat (Toro Rosso), s/tempo (n/d), 1

 

 

Deixe uma resposta

Topo