CRUZEIRO VENCE O NACIONAL DE VIRADA PELA COPA SUL-AMERICANA

O Cruzeiro fez sua estreia na Copa Sul-Americana no Mineirão na noite desta terça-feira, e com muito esforço teve que superar as adversidades quando saiu atrás no placar contra o Nacional do Paraguai. Contando com a força vinda das arquibancadas soube ter atitude e virar o placar e poder garantir vantagem no jogo de volta da competição continental.

 

Confira os detalhes do jogo no Mineirão

 

O primeiro lance de grande perigo na partida foi do Nacional do Paraguai e resultou em gol. Após uma falta cobrada pela direita, no cruzamento para grande área, o jogador Santana cabeceou no canto esquerdo do goleiro Rafael, que pulou e até tentou salvar a bola , mas ele não alcançou e Nacional abriu o marcador no Mineirão fazendo 0 a 1.

 

OUÇA O GOL DO NACIONAL – RÁDIO UNIVERSITÁRIA\ NARRAÇÃO – EDSON DE SOUZA.

 

Atrás no placar, o Cruzeiro chegou com perigo pela primeira vez aos 12 minutos. Na cobrança da falta de Thiago Neves, o meio-campo cruzou na área e a bola passou por Manoel e Hudson antes de sair pela linha de fundo. Pouco depois, outra falta na entrada da área para o Cruzeiro. Arrascaeta foi para bola e cobrou no ângulo e caprichosamente bateu na trave e na mão do goleiro Arnaldo Giménez, no rebote Manoel jogou para fora. O Cruzeiro empatou aos 25 minutos, após uma bola roubada por Rafinha na intermediária e chegar nos pés de Arrascaeta que serviu Thiago Neves dentro da área, o meia girou e chutou no canto esquerdo do goleiro paraguaio fazendo 1 a 1.

 

OUÇA O GOL DO CRUZEIRO – RÁDIO UNIVERSITÁRIA\ NARRAÇÃO – EDSON DE SOUZA.

 

Depois de ter empatado o placar, dois lances de perigo do time estrelado. Rafael Sóbis girou dentro da área e bateu cruzado, ninguém aproveitou a chance e na sequência a bola ficou para Cabral, o volante lançou Arrascaeta dentro da área e o camisa 10 por pouco não desempatou. No fim do primeiro tempo, o Nacional partiu para o ataque, quando Rojo avançou pela esquerda e cruzou, Bareiro ganhou de Manoel e cabeceou para o gol, Rafael bem colocado colocou para escanteio e evitando assim mais um gol do time paraguaio.

 

O segundo tempo teve  logo no começo o Cruzeiro atacando. Diogo Barbosa serviu Rafael Sóbis, o atacante avançou pela esquerda e da entrada da área arriscou de um chute com a canhota, Giménez bem colocado, fez a defesa. Com 11 minutos, contra-ataque muito rápido do time brasileiro, Ariel Cabral serviu Thiago Neves, que de primeira, lançou Rafinha, o atacante driblou o marcador e bateu cruzado, a bola passou por Sóbis e por pouco não sai o gol cruzeirense. O técnico Mano Menezes trocou Rafinha por Ramón Ábila. No primeiro lance, ele por pouco não pegou o rebote do goleiro e no segundo, aos 22 minutos soube aproveitar e virar o jogo para o Cruzeiro. No chute de Mayke para o ataque, o centroavante ganhou de Servin girou e driblou o goleiro do time paraguaio e bater de canhota fazendo 2 a 1.

 

OUÇA O GOL DO CRUZEIRO – RÁDIO UNIVERSITÁRIA\ NARRAÇÃO – EDSON DE SOUZA.

 

Já aos 31 minutos, Arrascaeta ganhou a jogada pela direita, tocou para Ábila, que passou para Thiago Neves. O meia ajeitou para o uruguaio chutar e a bola foi por cima do gol. Perto do final da partida, aos 43 minutos, Arrascaeta cobrou o escanteio pelo lado esquerdo, Thiago Neves desviou, e a bola sobrou para o zagueiro Manoel, sozinho, dentro da área e quase não marcou o terceiro da Cruzeiro que garantiu a vantagem do jogo seguinte, no dia 10, no estádio Arsenio Érico, em Assunção quando o time brasileiro terá um importante desafio para se garantir na próxima fase da competição continental.

Deixe uma resposta

Topo