CRUZEIRO E AMÉRICA EMPATAM NO PRIMEIRO DUELO NA SEMIFINAL DO MINEIRO

Cruzeiro e América iniciaram neste domingo a disputa por uma vaga na final do Campeonato Mineiro. O jogo de ida da semifinal, realizado no estádio Independência, terminou em 1 a 1. Para o jogo de volta, a Cruzeiro pode jogar por um empate, por ter feito melhor campanha que o América durante a primeira fase da competição estadual.

 

Confira como foi a partida no Horto

 

A primeira chance do jogo foi do Cruzeiro, aos 11 minutos. Rafinha fez bela jogada pela direita e rolou para Rafael Sóbis. O camisa 7 chutou de primeira, mas a bola foi para esquerda do gol de João Ricardo. Em nova oportunidade do Cruzeiro. Ariel e Arrascaeta fizeram boa trama pela esquerda do campo. O uruguaio tocou para Thiago Neves que, de fora da área, mandou um chutaço, exigindo a primeira grande defesa de João Ricardo. A resposta do América veio aos 25 minutos, com Blanco e Renan Oliveira tabelaram, até que o meia adversário saiu cara a cara com o goleiro Rafael do Cruzeiro e chutou por cima. Rafael novamente apareceu com destaque na partida. Mas em outro lance aos 37 minutos, foi a vez de Renan Oliveira tocar para Blanco, que chutou forte da entrada da área, para defesa espetacular de Rafael salvando o Cruzeiro. O primeiro tempo terminou empatado sem gols.

 

Na volta para o segundo tempo, o Cruzeiro voltou com uma alteração. Henrique retornando ao time e no lugar de Mayke. A mudança fez Hudson ser deslocado para a lateral direita. O primeiro lance do segundo tempo foi cruzeirense. Em cobrança de falta, Arrascaeta buscou o ângulo esquerdo de João Ricardo, mas a bola saiu pela linha de fundo. Em outra jogada aos 14 minutos, Mano Menezes promoveu a segunda alteração com Alisson entrando na vaga do camisa 10 uruguaio. Dois minutos depois, o América abriu o placar. Após cobrança de escanteio feita por Gerson Magrão, Messias aproveitou o cruzamento e escorou para as redes fazendo 1 a 0 para o América. A resposta por parte do Cruzeiro foi rápido e aos 22 minutos, Ariel Cabral fez bom passe para Diogo Barbosa. O lateral esquerdo foi à linha de fundo e cruzou com categoria para Thiago Neves, que só tocou para o gol empatando no Horto em 1 a 1. A última mudança do Cruzeiro aconteceu aos 31 minutos, quando Ramón Ábila ocupou o lugar de Rafinha.

 

O América do técnico Enderson Moreira também fez suas três alterações com: Mike no lugar de Gerson Magrão, assim como Ruy na vaga de Renan Oliveira e Alex Silva entrando no posto de Felipe Amorim e tentou o desempate nos acréscimos. Mike desviou de cabeça no primeiro poste, mas, Rafael fez excelente defesa salvando o Cruzeiro de levar mais um gol onde assegurou o empate como time visitante do clássico em Belo Horizonte. Agora o time celeste tem a  vantagem de um novo empate para chegar a semifinal. Para o América somente a vitória interessa para lutar pelo bicampeonato estadual.

Deixe uma resposta

Topo