VALTTERI BOTTAS CONQUISTA SUA PRIMEIRA VITÓRIA NA FÓRMULA 1

O piloto Valtteri Bottas (foto) suportou a pressão de Sebastian Vettel nas últimas voltas para obter a primeira vitória de sua carreira na Fórmula 1 no GP da Rússia em Sochi. O finlandês da Mercedes cruzou a linha apenas 0.617s à frente do alemão da Ferrari, com Kimi Raikkonen subindo ao pódio pela primeira vez na temporada com o terceiro lugar. Lewis Hamilton chegou em uma discreta quarta posição. Bottas fez uma grande largada, tirando proveito do arranque lento de Raikkonen e logo depois passando Vettel antes da curva 2 para assumir a liderança. Logo em seguida, a corrida foi neutralizada pelo safety car quando Romain Grosjean e Jolyon Palmer colidiram na curva 2. Na relargada, Bottas acelerou e gradualmente construiu uma vantagem de mais de quatro segundos sobre Vettel. Bottas encontrou tráfego antes dos pit-stops, permitindo que Vettel reduzisse a margem para 2.5s antes da Mercedes chamá-lo no final da volta 27 para trocar os ultramacios pelos supermacios. Vettel permaneceu na pista por mais sete voltas e seu ritmo continuou competitivo; ele retornou pouco mais de quatro segundos atrás de Bottas após sua parada para colocar os supermacios.

 

Pouco a pouco, o líder do campeonato tirou a diferença, ficando a menos de um segundo em um determinado momento e criando a expectativa de uma chegada emocionante. Mas Bottas, que pediu “menos conversa” no rádio da equipe nas últimas voltas, se manteve sob controle para suportar a pressão de Vettel e garantir sua primeira vitória em seu 81º GP na F1. Hamilton teve uma tarde frustrante; ele arrancou bem, mas perdeu terreno na segunda fase da aceleração e continuou em quarto. O tricampeão mundial reclamou constantemente do superaquecimento de seu carro na primeira metade da corrida e não conseguiu se aproximar de Raikkonen após as paradas, terminando em uma distante quarta colocação. Max Verstappen também teve uma prova solitária e cruzou a linha de chegada em quinto, bem distante dos quatro primeiros mas confortavelmente à frente de Sergio Perez.

 

O companheiro de Verstappen na Red Bull, Daniel Ricciardo, abandonou pela primeira vez nesta temporada com um problema no freio traseiro. A Force India marcou pontos com ambos os carros pela quarta vez consecutiva, com Esteban Ocon em sétimo atrás do companheiro Perez. Nico Hulkenberg foi o oitavo. Felipe Massa parecia destinado ao sexto lugar antes de ser forçado a fazer uma segunda parada por causa de um pneu furado e cair para nono. Carlos Sainz completou os 10 primeiros. O estreante Lance Stroll terminou seu primeiro GP em 11º, por pouco não marcando pontos após uma rodada na primeira volta.

 

CONFIRA O RESULTADO FINAL DO GRANDE PRÊMIO DA RÚSSIA.

 

Fonte – Autoracing

Deixe uma resposta

Topo