VÔLEI PODE ALTERAR REGRAS NAS PARTIDAS DOS CAMPEONATOS EM 2018

O Voleibol se acostumou ao se reinventar com diversas regras ao longo dos anos. Agora, em nome do espetáculo, pode mudar mais uma vez. No início do ano, alguns dos principais treinadores do mundo se reuniram na sede da Federação Internacional de Vôlei (FIVB), na Suíça. A proposta é discutir as mudanças que pudessem encurtar o tempo de jogo e ainda tornar o esporte mais atrativo para o público. O técnico José Roberto Guimarães, da Seleção Brasileira feminina, estava com outros treinadores avaliando esta questão. Em uma das ideias mais radicais será testada neste ano nos mundiais sub 23. Nas competições, as partidas terão sete de 15 pontos cada. A alteração pode parecer meio contraditória. O aumento do número de sets, mas com uma pontuação menor, isso irá diminuir o número total de pontos dos jogos.

 

A intenção da FIVB é tornar os duelos mais atrativos para o público, seja para quem assistir nos ginásios ou aos telespectadores. Caso esta mudança dê certo, deverá ser adotada já nas competições dos torneios principais de clubes e seleções, até se tornar de forma oficial. Esta não é a primeira vez que acontece este tipo de regra nos duelos pelas quadras. Foi assim, por exemplo, quando a vantagem entre os pontos foi deixada de lado e o líbero surgiu como nova posição em quadra. No ano passado, a entidade máxima do Vôlei, a FIVB já havia orientado os árbitros para restringir as comemorações de cada ponto e o ritual dos jogadores em cada saque.

Deixe uma resposta

Topo