ÉRIKA MIRANDA FATURA MEDALHA DE OURO NO GRAND SLAM DE JUDÔ NA RÚSSIA

A judoca brasileira Erika Miranda (foto) conquistou a medalha de ouro no Grand Slam de Ekaterinburg, disputado na Rússia, após escapar de uma imobilização e conseguir de virada na final da categoria até 52 kg. O Brasil ainda subiu ao pódio no primeiro dia da competição com Charles Chibana e Marcelo Contini garantiu a medalha de prata, além de Mariana Silva e a campeã olímpica Rafaela Silva garantindo o bronze. Depois de vencer suas três primeiras lutas, Erika Miranda chegou com moral para a decisão contra a judoca anfitriã Alesya Kuznetsova. O início da luta, no entanto, não foi fácil para a lutadora brasileira. Ela chegou a ser imobilizada pela rival, mas conseguiu se livrar e deu o troco em seguida, vencendo o duelo por dois wazaris contra um de Kuznetsova e assim conquistou o ouro. Já Rafaela Silva que foi a campeã dos Jogos Olímpicos no Rio em casa passou pela alemã Sappho Coban, mas ela perdeu para a japonesa Nae Udaka e precisou se reerguer na fase de repescagem, diante da israelense Timna Nelson Levy e da mongol Enkhriilen Lkhagvatogoo. A trajetória semelhante ao de Mariana Silva, que venceu suas duas primeiras lutas, perdeu a terceira e só garantiu o bronze ao bater a canadense Stefanie Tremblay com um golpe de ippon. Na categoria feminina foram ao todo de três medalhas.

 

Entre os homens, Charles Chibana passou por suas primeiras quatro lutas. Ele eliminou o lituano Kestutis Vitkauskas, na luta seguinte foi outro desafiante, o belga Kenneth Van Gansbeke, além do bielo-russo Dzmitry Minkou e o russo Yakub Shamilov, mas ele perdeu na grande decisão para outro russo, Abdula Abdulzhalilov, por ippon. Outro judoca Marcelo Contini teve trajetória bem semelhante, mas precisou de três lutas para chegar na final. O judoca passou pelo russo Arbi Khamkhoev, pelo francês Benjamin Axus e duelou contra o holandês Sam van Westende, mas foi derrotado na disputa pelo ouro diante do japonês Soichi Hashimoto. O segundo dia do Grand Prix de Ecaterimburgo será disputado neste domingo (21). O Brasil terá mais nove judocas na disputa com Victor Penalber, Eduardo Bettoni, Rafael Buzacarini, Luciano Corrêa, David Moura, além de Rafael Silva, Maria Portela, Maria Suelen Altheman e Camila Yamakawa.

Deixe uma resposta

Topo