LIBERTY MEDIA QUER ADOTAR TETO ORÇAMENTÁRIO PARA FÓRMULA 1

A ideia da criação de um teto orçamentário para as equipes de Fórmula 1 ainda não está negado. Segundo a publicação da revista alemã Auto Motor und Sport alega que a Liberty Media, nova proprietária da categoria do automobilismo, mostrará as equipes num plano combinando com um teto com limites de pessoas, produção e utilização das ferramentas. O regime seria introduzido com um ano de experiência sem consequências para quem violasse as regras. “Nós queremos ver se os mecanismos de monitoramento funcionam”, afirmou uma fonte relacionado ao grupo Liberty.

 

Já Chase Carey, novo chefe executivo da Fórmula 1, declarou: “Todos entendem que a categoria só pode ser saudável se oferecer ação, competição e corridas sem resultados previsíveis aos espectadores”. Entretanto, o chefe da equipe Mercedes, Toto Wolff disse recentemente em tom irônico: ‘se a Ferrari vence isso é bom para a F1’, e esse é o ponto. Ele compreende que isso diz respeito à categoria”. “Se uma equipe vence tudo, ela ganhou a batalha e perdeu a guerra se ninguém está mais assistindo”, acrescentou o dirigente Wolff.

Deixe uma resposta

Topo