ATLÉTICO E O OBJETIVO DE PODER AVANÇAR NA COPA DO BRASIL CONTRA O PARANÁ

Reportagem Thiago Malta

 

Concentração total para conquistar classificação na Copa do Brasil

Os jogadores do Atlético Mineiro estão em regime de concentração na Cidade do Galo visando a decisão de amanhã, contra o Paraná, às 21:45 horas, na Arena Independência, válido pela Copa do Brasil, na fase das oitavas de final, na partida de volta. No primeiro duelo, o time mineiro perdeu por 3 a 2 e agora precisa da vitória para conquistar a classificação. A atividade de hoje foi fechada para a imprensa. Os jornalistas puderam acompanhar somente o trabalho de aquecimento. A principal baixa do time de Roger Machado é o volante Adilson, diagnosticado com lesão na coxa direita e já entregue ao departamento médico. Dois atletas foram poupados do treino. Atacante Robinho que está com uma virose, mas foi relacionado. Já o volante Rafael Carioca reclamou de fadiga muscular e foi vetado pelo departamento médico. Com relação ao time, a tendência é que o volante Yago entre como titular e Elias jogue um pouco mais recuado para a entrada de Rômulo Otero. Time provável do Atlético: Victor; Marcos Rocha, Gabriel, Felipe Santana e Fábio Santos; Yago, Elias, Otero e Cazares; Robinho e Fred.

 

Valdívia treina no CT do Galo

 

O meia atacante Valdívia (foto) foi apresentado à imprensa pelo presidente Daniel Nepomuceno. O jogador, de 22 anos, mostrou muita irreverência durante a apresentação. Entre as pérolas o cabeludo destacou que é craque. “Antes de vir para cá, fui ver a lista de jogadores, e aqui só tem craque. Mas eu me considero craque, já mostrei isso e posso mostrar de novo. Ninguém desaprende a jogar futebol”. Ele arrancou gargalhadas ao falar sobre o posicionamento dele no time. “Quero jogar na frente. Esquerda, direita, meio. O Roger pediu para que eu mostrasse no quadro em que posição jogaria. Perguntei quem jogava na esquerda e falaram que era o Robinho. Aí eu disse que queria jogar na direita”. Muito ativo nas redes sociais, o ex-colorado explicou a brincadeira Pokopika. “O ‘poko’ significa muito. Como sou lindo, falo que sou poko lindo, charmoso. O pessoal me chama de poko feio, mas eu mudo para o poko lindo”. O nome do jogador foi publicado no Boletim Informativo Diário da CBF – o BID, e já tem condições de defender o clube. Ela não poderá atuar pela Copa do Brasil, porque o jogador já defendeu o Internacional e o prazo de inscrições terminou no último dia 24 de abril.

 

Deixe uma resposta

Topo