CRUZEIRO TREINA VISANDO O PRÓXIMO JOGO CONTRA O AVAÍ EM FLORIANÓPOLIS

Reportagem Frederico Mesquita

 

CRUZEIRO TREINA LONGE DE BELO HORIZONTE E GANHA REFORÇOS PARA ENCARAR O AVAÍ, NO DOMINGO, EM FLORIPA
 
Cruzeiro e Fluminense ficaram no empate em 1 a 1 na noite desta quinta-feira, no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita-RJ, em jogo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sassá marcou o gol celeste após assistência de Thiago Neves, aos 36 minutos do primeiro tempo. Agora, o time celeste continua sua preparação longe de Belo Horizonte, visando o confronto diante do Avaí, no domingo, às 16h, em Florianópolis.

 

REFORÇOS: ARRASCAETA, MANOEL E SOBIS – Nesta sexta-feira, o Time Celeste treinou na Gávea, no Rio de Janeiro. As novidades foram as presenças do zagueiro Manoel e do meia-atacante Arrascaeta, recuperados de lesão, e do atacante Rafael Sobis, que volta de suspensão. O trio participou de uma atividade técnica em campo ao lado dos atletas que não começaram a partida contra o Fluminense. Os titulares fizeram um trabalho regenerativo. O Cruzeiro se prepara para enfrentar o Avaí na Ressacada. Na última segunda-feira, Manoel e Arrascaeta foram liberados do departamento médico e ficaram à disposição da preparação física do clube. A dupla pode ser opção de Mano Menezes para o jogo em Santa Catarina. Manoel se recuperou de uma lesão no pé esquerdo, que o acometeu na derrota do Cruzeiro por 2 a 1 para o São Paulo, no dia 19 de abril, pelo jogo de volta da quarta fase da Copa do Brasil, no Mineirão. Já Arrascaeta está pronto para voltar após superar uma torção no joelho direito. Ele não atua desde a  vitória celeste por 1 a 0 sobre o Santos, na Vila Belmiro, no dia 28 de maio.

 

DESFALQUES – Ezequiel e Alisson estão fora da partida no Sul do Brasil. Mesmo sem ter entrado em campo, Ezequiel foi advertido pela arbitragem. Ele levou o terceiro cartão amarelo por descumprir uma ordem do quarto árbitro de vestir o colete e está suspenso. Já Alisson foi preservado no empate com o Fluminense e vai ser poupado mais uma vez no duelo contra a equipe catarinense.

 

DIGÃO É APRESENTADO – O zagueiro Digão, de 29 anos, foi apresentado pelo Presidente Gilvan de Pinho Tavares e pelo Diretor de Futebol Klauss Câmara. O mandatário celeste entregou a camisa 28, que será usada pelo jogador, enquanto Klauss passou a carteira de sócio-torcedor ao novo defensor da Raposa. Digão declarou que se tranferiu para um Clube gigante e vencedor, com uma imensa torcida, e que isso foi fundamental para tomar a melhor decisão, além dos telefonemas dos amigos que lhe passaram as melhores referências do Cruzeiro. “Quando recebi a proposta não pensei duas vezes, por se tratar de uma grande equipe, clube vencedor. Meus amigos me mandaram mensagens para vir de olhos fechados por se tratar de uma grande equipe, estrutura grande, e que seria muito vitorioso aqui”, disse o zagueiro.

 

MESSIDORO  ASSINA – O meia Alexis Messidoro, de 20 anos, finalmente assinou contrato com o Cruzeiro. Na noite desta quinta-feira, o jogador argentino, envolvido na negociação de Ábila com o Boca Juniors, postou no Instagram a imagem do momento em que concretizou sua ida para o Cruzeiro. Revelado pelo Boca em 2016, Messidoro esteve emprestado ao Sport Boys no primeiro semestre, período em que jogou a Copa Libertadores. No mês passado, o jogador deixou o clube boliviano diante de um interesse do modesto Atlético Tucumán da Argentina. Os rumos mudaram a partir da negociação entre Cruzeiro, Boca e Ábila. O meia acabou cedido aos mineiros por empréstimo até dezembro de 2018 com passe fixado.Para ficar com Ábila, o Boca cedeu Messidoro ao Cruzeiro e assumiu a dívida de US$ 1,5 milhão (R$ 4,6 milhões) do Cruzeiro com o Huracán, ainda referente à compra de 50% dos direitos econômicos de Wanchope. Além disso, a Raposa ficará com 15% dos direitos de Ábila em uma eventual venda.

 

DE SAÍDA??? Depois de emprestar o Kunty Caicedo ao Barcelona de Guayaquil e encaminhar a venda de Ramón Ábila ao Boca Juniors, o Cruzeiro está próximo de anunciar a terceira saída nesta janela de transferências. O Atlético-PR fez uma consulta pelo lateral-esquerdo Fabrício no início da semana e tem expectativa de anunciar a contratação por empréstimo nas próximas horas. Terceira opção para a lateral esquerda, Fabrício vestiu a camisa do Cruzeiro pela última vez em 10 de maio, há 71 dias, na derrota da Raposa para o Nacional-PAR. Na ocasião, a Raposa sofreu revés no tempo normal e foi eliminada da Copa Sul-Americana na disputa por pênaltis. Fabrício foi responsável por uma das cobranças perdidas pelo time de Mano Menezes. Desde então, ele não recebeu mais nenhuma oportunidade.

 

RENOVAÇÃO DO NOVO ÍDOLO – Rafael está próximo de assinar novo contrato com o Cruzeiro. Ele mesmo negociou com a cúpula celeste a atualização do vínculo, que venceria em dezembro de 2019, mas deverá ser ampliado até 2022. As novas condições foram tratadas pelo próprio goleiro, que encerrou a relação que tinha com o empresário Carlos Leite recentemente. Seu novo agente é Fábio Melo, que desembarcará em Belo Horizonte na próxima semana para auxiliar o camisa 12 nos últimos detalhes do acordo. Rafael foi formado nas categorias de base da Raposa e estreou no time titular na vitória por 2 a 1 sobre o América, em 29 de maio de 2008, em amistoso realizado no Independência. Desde então, disputou mais 87 partidas. A mais emblemática delas foi na que o time celeste goleou o rival Atlético por 6 a 1, em 2011, que garantiu ao Cruzeiro a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro.

Deixe uma resposta

Topo