SELEÇÃO BRASILEIRA DERROTA A HOLANDA NO GRAND PRIX DE VÔLEI

A Seleção Brasileira feminina de Vôlei voltou a entrar em quadra pelo Grand Prix, desta vez contra a Holanda, e conseguiu uma importante vitória por 3 sets a 1, com parciais de 25/17, 25/14, 18/25 e 25/19. O Brasil estava mais solto em quadra e administrou melhor a partida em relação ao jogo desta quinta contra a Bélgica. Enquanto as adversárias da Holanda pecaram na recepção, onde as brasileiras evoluíram na defesa e mantiveram excelente desempenho no bloqueio. O primeiro set começou bem disputado, com o Brasil jogando um pouco melhor. Com o bloqueio funcionado muito bem, as brasileiras passaram a dominar a partida e conseguiram abrir o placar de 19 a 14, forçando o técnico da Holanda pedir tempo. Além do bloqueio, a equipe contou com saques bastante eficientes e fechou o set com oito pontos de diferença: 25/17. No segundo set, a Holanda melhorou e o duelo passou a ficar mais disputada. As brasileiras apresentaram bom volume de jogo e passaram a pressionar as adversárias, que cederam. Muito apáticas em quadra e com muitos erros, as holandesas viram o Brasil dominar o jogo e fechar o set com o placar de 25 a 14. Mais uma vez, a seleção da Holanda cresceu de produção e o terceiro set começou muito equilibrado.

 

Desta vez, quem conseguiu abrir vantagem foram as holandesas onde chegaram aos 12 pontos e, a partir daí, conseguiram abrir sete pontos sobre as brasileiras e fecharam o set em 25 a 18. No quarto set, a Holanda continuou melhor. Logo no início, a equipe europeia teve uma sequência de cinco pontos seguidos, mas viu o Brasil reagir e empatar. Depois disso, a equipe do técnico José Roberto Guimarães tomou conta do jogo, mantendo a vantagem entre quatro e seis pontos. Com tranquilidade, Roberta fechou o jogo para o Brasil em 25 a 19. Após a partida, o técnico José Roberto afirmou que o time brasileiro ainda precisa evoluir mais, contudo ele gostou do que viu nesta sexta: “Foi melhor. O bloqueio de novo fez sua parte, fomos melhores nos contra-ataques, defendemos mais, fomos precisos no saque. A energia foi diferente da que tivemos no Japão”. O próximo confronto será contra os Estados Unidos, neste domingo (23), e o Brasil precisa de uma vitória por 3 sets a 0 ou 3 sets a 1 para avançar na fase final do Grand Prix.

 

Mudanças da FIVB nos torneios de Vôlei – O Brasil maior campeão da história do Grand Prix de Vôlei feminino, com 11 títulos, a pode ter a última oportunidade de levar o 12º troféu. Essa é uma das mudanças que a Federação Internacional de Vôlei (FIBV) confirmou que fará nos dois torneios anuais das seleções masculina e feminina em 2018. “A entidade planeja regular sua produção e distribuição de conteúdo em um esforço sem precedentes para garantir qualidade e consistência dos eventos ao longo da temporada”. Os detalhes sobre o novo campeonato devem ser divulgados em breve. Os torneios masculino e feminino agora passarão a ser disputados em duas divisões e não mais três como atualmente.“A Nova Liga de Vôlei e a Liga Desafiante contarão com um sistema de promoção e descenso que garanta que o Voleibol continue como um dos esportes mais competitivos do mundo para ambos os sexos”, afirma o comunicado da FIVB a imprensa.

Deixe uma resposta

Topo