CRUZEIRO PERDE PARA O AVAÍ NA RESSACADA PELO CAMPEONATO BRASILEIRO

O Cruzeiro enfrentou o Avaí no estádio da Ressacada e acabou perdendo a partida por um gol do time adversário pela 15º rodada do Campeonato Brasileiro e pode terminar a rodada em oitavo lugar na classificação.

 

Saiba como foi o jogo em Florianópolis

 

O Cruzeiro começou a partida com superioridade diante do Avaí desde o inicio após o apito do árbitro Flávio Rodrigues de Souza e ditou o ritmo da partida. Logo aos sete minutos, Henrique quase abriu o marcador, caso não fosse o goleiro Douglas, que defendeu, no ângulo, um chute forte do capitão cruzeirense, de longa distância. Em outro lance, Elber e Sassá tentaram de longa distância, mas ambos mandaram a bola para fora. Thiago Neves, aos poucos, conseguiu fugir da marcação e teve duas finalizações em sequência, a primeira delas para fora e a outra defendida por Douglas. A pressão por parte do Cruzeiro era enorme, mas foi o Avaí quem abriu o marcador, aos 21 minutos, em um contra-ataque que culminou em um chute de Junior Dutra, após o cruzamento de Leandro Silva, da direita. Foi a única finalização do time catarinense no primeiro tempo. O Cruzeiro não se abateu e voltou a comandar as ações, mas encontrou um Avaí ainda mais recuado e concentrado na marcação visando agir em um contra-ataque. Mesmo sem espaços, o atacante Rafael Sobis conseguiu criar uma brecha na defesa e chutou forte, de fora da área. O goleiro Douglas então defendeu bem mais uma vez, salvando o Avaí e a etapa inicial contou com o único gol do time da casa.

 

O segundo tempo começou com a equipe de Belo Horizonte buscando virar o placar sobre o Avaí, tentando segurar o placar de todas as maneiras. O primeiro lance de perigo foi em um chute de Elber, aos nove minutos, de fora da área, que Douglas segurou firme. Com 13 minutos, na primeira vez que tocou na bola, o uruguaio Arrascaeta lançou Elber, dentro da área, e o goleiro Douglas derrubou o meia cruzeirense, mas o árbitro Flávio Rodriguez de Souza não marcou pênalti. Na sequência, o rebote sobrou para Sassá, que chutou ao gol e a bola bateu na mão do zagueiro Alemão e saiu. Pressionando bastante o adversário, Rafael Sobis acertou mais dois chutes fortes e poderia ter marcado em favor do Cruzeiro, mas o primeiro deles explodiu no peito de Judson e o outro foi defendido por Douglas, que voltou a salvar o Avaí pouco tempo depois, em  uma boa finalização de Thiago Neves. Outra jogada de ataque por parte do Cruzeiro, Lucas Romero cruzou para Arrascaeta, que cabeceou e Douglas segurou. Com grande atuação, Sobis por muito pouco não empatou a partida, em falta cobrada na intermediária. A bola passou raspando a trave direita do gol de Douglas, que nem foi no lance e ficou torcendo para não entrar. O Cruzeiro seguiu firme em busca do gol, mas voltou a esbarrar no goleiro Douglas em dia inspirado, que fez outra grande defesa em cobrança de falta de Arrascaeta. O resultado permaneceu o mesmo em relação ao primeiro tempo e o Avaí acabou vencendo em casa.

 

Deixe uma resposta

Topo