ATLÉTICO MINEIRO PERDE PARA O BOTAFOGO E ESTÁ FORA DA COPA DO BRASIL

O Atlético Mineiro está fora da Copa do Brasil. Após perder por três gols para o Botafogo no estádio Nilton Santos, o Engenhão o time mineiro deixa a competição nacional frustrando os torcedores na estreia do novo técnico Rogério Micalé.

 

SAIBA COMO FOI O DUELO ENTRE OS ALVINEGROS

 

A partida começou eletrizante logo nos primeiros minutos e não demorou surgiu logo o gol. O Botafogo abriu o placar aos cinco minutos, após uma cobrança de escanteio feita por João Paulo e o zagueiro argentino Joel Carli atento mandou a bola sobre o gol de Victor abrindo o placar para o time carioca. O Atlético Mineiro tentou penetrar na defesa botafoguense na tabela entre Fábio Santos e Elias, interceptada pela defesa. Com 13 minutos, Cazares foi puxado pela camisa em lance pela esquerda do ataque atleticano e o árbitro Sandro Meira Ricci marcou apena falta, não mostrando cartão amarelo ao zagueiro Carli autor do primeiro gol. Depois da cobrança, a bola sobrou para Elias concluir com perigo, rente ao travessão. O time de Belo Horizonte voltou a levar perigo aos 16 minutos, na finalização de Marcos Rocha, defendida pelo goleiro Jefferson. Em seguida, o próprio lateral cruzou rasteiro pela direita e a zaga carioca fez o corte. Cazares arriscou de for da área, aos 26 minutos, e a bola explodiu no zagueiro. O Atlético seguia pressionando, enquanto o Botafogo buscava os contra-ataques. Elias sofreu falta na intermediária, Cazares levantou na área e a zaga fez o corte pelo alto. Após boa trama ofensiva, aos 39 minutos, Yago cruzou pela direita e a bola desviou no zagueiro e parando nas mãos do goleiro Jefferson. Não demorou e veio o segundo gol do Botafogo para desespero do Atlético aos 41 minutos, com João Paulo recebendo o lançamento na esquerda, se livrou de Luan e colocou a bola na cabeça de Roger na área, onde o camisa 9 ganhou de Gabriel e finalizou no canto de Victor e fazer 2 a 0 no placar do Engenhão. O primeiro tempo acabou com a vitória parcial do time carioca.

 

O Atlético voltou do intervalo com duas alterações com Rafael Moura no lugar de Robinho e Rafael Carioca na vaga de Yago. No primeiro ataque atleticano, Luan sofreu falta na intermediária pela direta, Rocha levantou na área e Bruno Silva tirou de cabeça. Com três minutos, Victor defendeu um chute cruzado de Rodrigo Pimpão. Fábio Santos cruzou pela esquerda, aos cinco minutos, e a zaga do Botafogo mandou para escanteio. A cobrança foi de Marcos Rocha, para novo corte da defesa carioca. Em outro lance, Cazares teve chance em contra-ataque aos 20 minutos, mas parou na defesa de Jefferson, de cabeça. No ataque seguinte, o próprio em outra oportunidade cruzou pela esquerda e o árbitro Sandro Meira Ricci marcou falta de ataque. Fábio Santos cruzou pela esquerda e Rafael Moura cabeceou para fora. Na jogada seguinte, Luan foi substituído por Otero. Cazares sofreu falta pela esquerda, isso aos 32 minutos, e a zaga do Botafogo cortou mais um cruzamento. Otero foi derrubado pela direita, falta que ele mesmo cobrou para o corte da zaga. Mas aí veio o golpe mortal ao Atlético Mineiro, quando aos 45 minutos, Gilson fez o terceiro do Botafogo acertando um ótimo chute de pé esquerdo, no cantinho de Victor. A bola ainda bateu na trave antes de entrar e sacramentar a vaga na semifinal ao time carioca.

 

Deixe uma resposta

Topo