CRUZEIRO DERROTA O VASCO DA GAMA E SOBE NA TABELA DO BRASILEIRO

O Cruzeiro viajou até a cidade de Volta Redonda, no Rio de Janeiro para enfrentar o Vasco da Gama pela 18º rodada do Campeonato Brasileiro e aproveitou a chance para voltar a vencer na competição marcando três gols e agora o time mineiro está em sétimo lugar da tabela de classificação. Para a equipe carioca outra derrota como mandante.

 

SAIBA COMO FOI A PARTIDA

 

O Cruzeiro começou mostrando em bom ritmo e não demorou ao abrir o placar logo no primeiro lance. Em uma cobrança de falta na direita, aos dois minutos de jogo, Thiago Neves bateu com veneno na bola, que cruzou toda a área adversária e morreu no cantinho direito da meta fazendo 1 a 0. O Vasco da Gama tentou dar a resposta aos cinco minutos. Paulinho arriscou chute de fora da área, e a bola passou com perigo, na direita do gol de Fábio. Com 17 minutos, Sassá ganhou a disputa de bola, foi derrubado por Rafael Marques na área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, o próprio Sassá bateu com categoria e assim ampliou o placar para 2 a 0. O Cruzeiro dominando as ações quase chegou ao terceiro gol aos 27, quando Sassá tabelou com Élber pela direita. O camisa 23 invadiu a área e chutou forte, para defesa do goleiro Martín Silva. Na cobrança do escanteio, Murilo deu um leve desvio e a bola ganhou a linha de fundo. A primeira parte terminou com superioridade azul e 2 a 0 no placar parcial.

 

No segundo tempo, o Cruzeiro voltou imprimindo bom ritmo. Com nove minutos, Sassá fez grande jogada e encontrou Bryan. O lateral esquerdo ganhou na corrida e tocou na saída de Martín Silva, mas foi interceptada por Rafael Marques. No rebote, Bryan tentou novo chute e o defensor adversário fez o corte novamente. Já aos 13, Elber acelerou pela direita, bateu a marcação e chutou forte, para defesa de Martín Silva. Foi a última jogada do camisa 23 que deu lugar a Robinho. Logo em seguida, Rafael Sóbis entrou na vaga de Thiago Neves. O Vasco tentou diminuir aos 31 minutos. Gilberto avançou pela direita, limpou a jogada e chutou rasteiro. Fábio apenas conferiu. Sassá foi substituído por Raniel aos 38 minutos. Na parte final do jogo, com 42 minutos, uma golaço onde começou com a jogada de Rafael Sóbis e Lucas Silva fizeram boa jogada pela esquerda, até que o meia Robinho foi acionado na entrada da área. O camisa 19, com um único drible, enganou toda a defesa adversária e tocou com categoria, na saída de Martín Silva. No minuto seguinte, Thalles saiu cara a cara com Fábio, mas o arqueiro abafou e fez excelente intervenção. Logo depois, o árbitro Vinicius Gonçalves Dias Araújo encerrou a partida com o Cruzeiro conquistando os três pontos fora de casa.

 

 

Deixe uma resposta

Topo