BOA ESPORTE VENCE O PARANÁ EM VARGINHA E ENCOSTA NOS LÍDERES DA SÉRIE B

O Boa Esporte garantiu um importante resultado ao vencer o Paraná por 2 a 0 no estádio do Melão, em Varginha e subiu na classificação do campeonato brasileiro da segunda divisão.

 

SAIBA COMO FOI O JOGO

 

O jogo começou bem truncado, com o time mineiro buscando manter a posse de bola e a equipe paranaense tinha como meta apostar no contra-ataque. Na primeira chance, Felipe Augusto fez o lançamento por cobertura e Daniel teve que dar um tapa para afastar o perigo. Já aos dez minutos, Renatinho cobrou falta na área, Alemão disputou e Escobar apareceu para tirar. As duas equipes mostravam vontade, mas o jogo era tecnicamente ruim, com algumas trombadas como também na disputa de Brock no ar, que acabou ocasionando um corte na testa do zagueiro. Com 20 minutos, cobrança de escanteio para Douglas Assis ao subir no meio da zaga e empurrar para o fundo da rede aos 15 minutos, fazendo 1 a 0 para o Boa Esporte. O Paraná tentou reagir, Gabriel Dias desviou de cabeça na área e Daniel fez grande defesa. Já com 26 minutos, Brock atingiu comum chute o próprio companheiro, Igor, que caiu desmaiado e foi levado de ambulância para o hospital. O jogo precisou aguardar mais de 30 minutos e o retorno do veículo para ser reiniciado. Com a bola rolando em campo, um minuto depois, Casagrande sentiu uma lesão e logo Eduardo entrou em seu lugar. Já aos 38 minutos, Thaciano saiu lesionado para entrada de Wesley. Três mudanças por lesão durante o primeiro tempo.

 

Na segunda etapa, as duas equipes não voltaram com novas mudanças. Logo aos quatro minutos, Renatinho fez a jogada e cruzou fechado, mas ninguém conseguiu aproveitar. No lance, os jogadores do Paraná ficaram reclamando toque de mão, contudo não foi marcado pela arbitragem. Com 13 minutos, Paulinho cruzou e Brock tocou a cão na bola. Pênalti marcado que Reis cobrou, parou em Richard, mas aproveitou a sobra. O Paraná com o placar desfavorável não fazia uma boa apresentação, todavia aos 28 minutos, Rafhael Lucas aproveitou uma falha defensiva e o cruzamento de Robson para descontar. A resposta do Boa Esporte veio aos 30 minutos, com uma bomba de Diones, pela linha de fundo. Já no desespero Cristovam recebeu a bola aos 41 minutos, bateu de longe, mas o chute saiu fraco. Nos acréscimos, Robson tocou na saída do goleiro e Laércio salvou em cima da linha. Logo após o lance, o árbitro Alisson Sidnei Furtado decretou o fim da partida com a vitória do Boa Esporte diante de seus torcedores no estádio do Melão, em Varginha. Esta foi a primeira derrota do técnico Lisca no comando do Paraná.

Deixe uma resposta

Topo