ATLÉTICO EMPATA CONTRA O JORGE WILSTERMANN E ESTÁ FORA DA LIBERTADORES

O Atlético jogando no Mineirão pela segunda partida das oitavas de final da Libertadores da América não conseguiu furar a retranca do time boliviano do Jorge Wilstermann e ficou no empate sem gols. Como havia perdido o primeiro jogo fora, o time brasileiro está fora da competição continental.

 

SAIBA COMO FOI OS DETALHES DO JOGO

 

A partida começou e logo no primeiro ataque, aos 50 segundos, o lateral Marcos Rocha cruzou rasteiro pela direita e a defesa boliviana afastou o perigo. Com dois minutos, Luan lançou Cazares na área e por muito pouco o equatoriano não conseguiu dominar a bola para sair na cara do gol. Em outro lance, Fábio Santos sofreu falta pela esquerda, onde Cazares levantou a bola na área e o goleiro Olivares fez a defesa. Depois de tentar em cruzamentos de Luan e Marcos Rocha pela direita, o Atlético Mineiro quase abriu o placar aos 13 minutos. No lance, Elias recebeu passe de Cazares na grande área pela esquerda, cruzou e Fred cabeceou fora. Já com 14 minutos de jogo, após cruzamento de Marcos Rocha pela direita, Cazares finalizou para fora. Em seguida, Elias chutou e a bola explodiu no zagueiro, Luan pegou o rebote e cabeceou para fora, rente à trave da área do Jorge Wilstermann. Marcos Rocha cobrou falta aos 19 minutos e Fred desviou de cabeça, para fora. Cazares que apresentava as melhores ações finalizou para a defesa de Olivares. Com 33 minutos, Fred recebeu a bola na área e tocou para o gol, mas a arbitragem marcou impedimento inexistente do atacante atleticano. No ataque seguinte, Cazares recebeu lançamento de Leonardo Silva na área e desviou de cabeça, por cima do gol. O time brasileiro também tentou furar o bloqueio boliviano em cobranças de falta e escanteio de Cazares, mas a defesa boliviana cortou os cruzamentos, assegurando a igualdade parcial. Em seguida, o árbitro venezuelano José Argote decretou o fim da primeira etapa, no estádio do Mineirão e nada de gols entre as duas equipes.

 

O Atlético voltou do intervalo com Valdívia no lugar de Adilson. Logo aos três minutos, Cazares arriscou de longe, para fora. Novamente com Cazares chutou da entrada da área, por cima do gol. Valdívia cruzou pela esquerda, aos seis minutos, e a zaga do Wilstermann fez o corte pelo alto. Com sete minutos, Marcos Rocha cobrou lateral para a área, Leonardo Silva desviou de cabeça e Fred tentou rolar a bola na entrada da área, mas o zagueiro fez uma boa interceptação. Cazares sofreu falta pela esquerda, aos onze minutos, ele mesmo fez a cobrança, Luan desviou de cabeça e acertou o travessão e susto na área do time boliviano. Logo depois, Luan chutou colocado e exigiu boa defesa de Olivares. Robinho entrou no lugar de Luan e o Atlético continuou pressionando muito e ainda levou perigo no cruzamento de Fábio Santos pela esquerda, cortado pela zaga boliviana. Em outra boa jogada, Rafael Carioca tentou de fora da área, por cima do gol. Robinho cruzou pela direita, aos 23 minutos, e o goleiro Olivares novamente saiu do gol para ficar com a bola. Numa tabela envolvente entre Robinho e Elias, Marcos Rocha cruzou rasteiro pela direita e o goleiro ficou com ela.

 

Em seguida, Fred tentou conclusão na área e a bola desviou no zagueiro. O Atlético Mineiro manteve-se a pressão sobre o Jorge Wilstermann. Com 33 minutos, Fred recebeu grande passe de Cazares, chutou cruzado e o zagueiro afastou o perigo. Logo depois, Otero entrou no lugar de Elias e foi logo fazendo cruzamento pela direita, cortado pela zaga do Wilstermann. Robinho pegou a sobra de bola na entrada da área, chutou forte de perna esquerda e a bola foi direto nas mãos do goleiro. Otero tentou de fora da área e o chute desviou no zagueiro. Nos acréscimos bateu o desespero por parte do Atlético que precisava de um gol para levar a partida para as penalidades. Com 43 minutos, após um lance confuso na área, Robinho finalizou para fora. O time brasileiro até tentou de todas as formas, mas não conseguiu furar o bloqueio boliviano que segurou o empate sem gols e a classificação para próxima fase da Libertadores da América. O Jorge Wilstermann agora duela contra o River Plate da Argentina por uma vaga nas semifinais da competição continental.

Deixe uma resposta

Topo