ATLÉTICO MINEIRO VENCE PONTE PRETA DE VIRADA EM CAMPINAS PELO BRASILEIRO

O Atlético Mineiro atuando em Campinas como time visitante acabou surpreendendo e venceu a Ponte Preta no estádio Moisés Lucarelli de virada por 2 a 1 com gols de Elias e Otero. Pelo equipe do interior paulista Léo Gamalho fez o tendo pontepretano. Com o resultado, o clube de Belo Horizonte se recuperou na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro somando 29 pontos na 11º colocação após 22 rodadas.

 

SAIBA COMO FOI O JOGO

 

O duelo começou com o Atlético levando perigo na cobrança de falta de Valdívia pela esquerda do goleiro Aranha saiu para tirar de soco. Com dois minutos, Valdívia sofreu falta pela esquerda, ele mesmo cobrou e Aranha fez a defesa. A Ponte Preta ameaçou em um cruzamento rasteiro pela direita e Bremer fez o corte na pequena área. Já aos 14 minutos, Cazares cobrou escanteio pela direita e a zaga do time de Campinas fez o corte pelo alto. Em outro lance, por volta dos 27 minutos, Valdívia chutou da entrada da área e exigiu grande defesa de Aranha no canto direito. Em novo ataque atleticano, o próprio Valdívia cobrou mais uma falta pela esquerda, Rafael Moura desviou e a bola ficou fácil para o goleiro. O Atlético Mineiro tinha mais posse de bola e, aos 31 minutos, Cazares arriscou de fora da área, por cima do gol. Valdívia sofreu uma falta aos 34 minutos, ele mesmo fez o levantamento para a grande área e a bola saiu direto pela linha de fundo. Adilson sofreu falta na intermediária pela direita, isso aos 38, e na cobrança de Cazares foi cortada pela defesa da Ponte Preta. Na sequência do lance, Elias retomou a bola e deu ótimo passe para Cazares na grande área pela direita, mas Aranha interceptou o cruzamento que buscava Leonardo Silva. Na parte final do primeiro tempo aconteceu o primeiro gol da partida aos 44 minutos, quando Léo Gamalho fez 1 a 0 para a Ponte Preta ao fim da etapa inicial.

 

O time de Belo Horizonte voltou do intervalo com a mesma formação e o goleiro Victor logo fez boa defesa na conclusão de Emerson Sheik. O Atlético Mineiro respondeu em boa jogada entre Cazares e Fábio Santos pela esquerda, mas Valdívia foi desarmado na continuação do lance. Em outra jogada de ataque, Rafael Moura recebeu a bola na área e foi desarmado ao tentar o drible. Elias empatou para o jogo aos 15 minutos, após uma boa trama ofensiva pela direita. No lance, Marcos Rocha cruzou rasteiro, o goleiro Aranha fez o corte parcial, contudo Elias pegou o rebote para igualar o marcador em 1 x 1 no Moisés Lucarelli. Com 23 minutos, Rafael Moura foi substituído por Clayton e poucos minutos depois foi a vez de Valdívia deixar o campo para a entrada do venezuelano Otero. Já com 35 minutos de partida, o time mineiro conseguiu realizar um bom contra-ataque com Cazares, mas depois dos passes de Luan e Elias, a zaga paulista se recuperou e afastou o perigo. Em seguida, Otero cruzou rasteiro pela esquerda para o corte da defesa da Ponte Preta. O Atlético levou perigo aos 40 minutos, quando Clayton ajeitou a bola de calcanhar e a finalização de Otero explodiu no zagueiro. Logo depois, Luan foi substituído por Yago. Na parte final do duelo aos 43, Elias sofreu uma falta na intermediária, Otero cobrou com perfeição e marcou um golaço. Passados alguns minutos, o árbitro Rodolpho Toski Marques apitou o fim da partida decretando a virada atleticana de virada pelo placar de 2 x 1 como visitante somando três pontos na classificação do brasileiro.

 

Deixe uma resposta

Topo