ATLÉTICO MINEIRO VENCE O PARANÁ E ESTÁ NA FINAL DA PRIMEIRA LIGA

O Atlético Mineiro venceu o Paraná na noite desta sábado pela semifinal da Primeira Liga com um belo gol de Elias no estádio do Independência e garantiu a vaga na decisão diante de milhares de torcedores e agora espera o próximo adversário que poderá ser o maior rival, o Cruzeiro ou outra equipe paranaense, no caso do Londrina que se enfrentam no domingo pela manhã e poder lutar por mais um título de sua história.

 

SAIBA OS DETALHES DESTE JOGO

 

A partida no estádio Independência começou com o primeiro ataque do meia Luan logo aos dois minutos em uma tentativa de bicicleta após cruzamento de Marcos Rocha pela direita, mas a bola saiu à direita do gol. No ataque seguinte, Valdívia cobrou escanteio e o goleiro Richard do Paraná defendeu o cabeceio de Leonardo Silva. O time mineiro chegou com perigo em boa trama envolvendo Luan, Fred e Robinho, mas o último passe saiu muito forte, atrapalhando a finalização do lance. Já em outro momento de ataque do Atlético, Adilson acertou bom chute aos 10 minutos, mas o goleiro fez a defesa e, no rebote, Robinho concluiu sobre o gol. Em lance de escanteio, o Paraná acertou a trave na finalização de Brock. Marcos Rocha tabelou com Fred e concluiu para mais uma defesa de Richard. O Atlético Mineiro dominava o jogo e abriu o placar aos 28 minutos, quando Luan recebeu o lançamento de Marcos Rocha pela direita, deixou seu marcador no chão e ajeitou a bola na entrada da área para a bela finalização de Elias chutar no ângulo fazendo 1 x 0. Com 40 minutos, Fábio Santos tabelou com Robinho e cruzou pela esquerda, na medida para Fred, que não conseguiu a finalização. Logo depois, Robinho tabelou com Fred, chutou de esquerda e o goleiro Richard fez a defesa no canto direito. Marcos Rocha fez boa jogada aos 42 minutos e, na sequência do lance, o cruzamento rasteiro de Luan foi cortado pela zaga paranaense. O primeiro tempo terminou com a vitória parcial do time de Belo Horizonte e garantindo momentaneamente a vaga na decisão.

 

O segundo teve o início com o time mandante com a mesma formação e levou perigo já aos três minutos, quando Luan recebeu passe de Robinho e foi travado na hora da conclusão. Em seguida, Elias cruzou pela direita, a bola foi muito alta e Fred não alcançou. Valdívia tentou de cabeça, aos sete minutos, completando cruzamento de Fábio Santos pela esquerda, mas a bola saiu pela linha de fundo. Aos onze minutos, em rápido contra-ataque, Fred recebeu passe de Robinho, a marcação chegou e ele ajeitou para Valdívia, que tentou invadir a área driblando e foi desarmado. Com 16 minutos de jogo, Fábio Santos apresentou uma jogada na linha de fundo e cruzar para o corte da defesa. Victor fez boa defesa em arremate de Leandro Vilela, aos 22 minutos. O Paraná tentava nas jogadas furar o bloqueio atleticano e ameaçava em alguns momentos, mas não conseguia o sucesso na hora da finalização. O técnico Rogério Micale promoveu substituições, com Adilson por Yago. Valdívia fez grande jogada, aos 26 minutos, e cruzou para Fred chutar para fora, perdendo grande oportunidade. Logo depois, o veterano atacante foi substituído por Rafael Moura e outro jogador de experiência Robinho saiu e Clayton entrou em seu lugar. O ritmo do Atlético melhorou com as alterações, tanto que Luan fez bom cruzamento pela direita, aos 38 minutos, e Rafael Moura não conseguiu alcançar. Já na parte final, o Paraná buscava o empate, mas o controle do Atlético mantinha a cautela do resultado.

 

Em boa jogada, Rafael Moura tabelou com Clayton, recebeu belo passe de calcanhar e finalizou para a defesa de Richard. Nos acréscimos, João Pedro cobrou falta e acertou a trave. Na continuação da jogada, Victor deu um tapa na bola e salvou o time mineiro de sofrer um gol no finalzinho. Logo depois, o árbitro Luis Cesar de Oliveira Magalhães decretou o fim do jogo e confirmou a vitória e a classificação atleticana para a decisão.

 

Deixe uma resposta

Topo