MCLAREN ENCERRA PARCERIA COM A HONDA E UTILIZARÁ MOTORES RENAULT EM 2018

A McLaren chegou a um acordo com a Honda para ser liberada de sua parceria e mudar para os motores Renault na temporada de 2018. A informação segundo o site Autosport.O retorno da Honda à F1 via McLaren foi desastroso desde que voltou em 2015, com a falta de desempenho e os constantes problemas de confiabilidade, mantendo a parceria em atritos. A parceria foi dolorosa em 2017 que ficou claro que uma separação era provável, com a Renault emergindo como a única alternativa realista da McLaren.O acordo confirmado pelo Autosport é que a McLaren terá um contrato de três anos com a Renault, que encerrará ao final do atual ciclo de regras de motor em 2020. A paridade nas unidades de potência com a Renault e Red Bull. Já a Toro Rosso mudará da Renault para a Honda – liberando um suprimento para a McLaren também foi assinado. O acordo ajudou a quem sabe manter o espanhol bicampeão Fernando Alonso para renovar o contrato com a equipe inglesa por mais uma temporada. Alonso garantiu os títulos na carreira justamente com propulsor francês em 2005 e 2006 como equipe de fabrica e garantiu mais duas vitórias pilotando com o carro da Renault em 2008.

Deixe uma resposta

Topo