CRUZEIRO VENCE DE VIRADA SOBRE A PONTE PRETA E ESTÁ EM QUARTO NO BRASILEIRO

O Cruzeiro soube demonstrar grande momento de superação e garantiu mais três pontos ao derrotar a Ponte Preta no estádio do Mineirão. O atual campeão da Copa do Brasil e está sem perder como time mandante há 16 jogos. O time de Campinas segue na luta para não figurar na temida zona de rebaixamento ao complemento desta rodada.

 

SAIBA OS DETALHES DO JOGO

 

O primeiro tempo foi bastante estudado entre os dois times e com poucas finalizações em campo. A primeira chance foi da Ponte Preta. Lucca sofreu um pênalti de Rafael aos 11 minutos. Danilo partiu para a cobrança e abriu o placar para o time de Campinas fazer 1 a 0. O Cruzeiro teve suas melhores chances com chutes de média distância. No primeiro lance com Hudson somente, aos 42 minutos, quando limpou a jogada pela esquerda e chutou rasteiro, para defesa do goleiro Aranha. Já nos acréscimos, aos 47, Alisson fez boa jogada pela ponta e rolou para Henrique. O capitão arrematou com força e a bola passou com muito perigo, à direita do gol adversário.

 

Na volta para o segundo tempo, o Cruzeiro logo ensaiou uma pressão na busca pelo empate. Com minutos, Rafinha fez grande jogada pela direita, fintou o zagueiro duas vezes, cruzou com perigo, mas a bola passou por toda a extensão da área. Já com cinco minutos, em outra chance por parte do Cruzeiro. Após bola rebatida pela defesa da Ponte Preta, Thiago Neves e Alisson tabelaram na entrada da área. O camisa 30 chutou cruzado, mas a zaga desviou. O próprio mais uma vez criou grande chance aos 15 minutos. O meia recebeu bom passe de Manoel, chutou forte, mas Luan Peres salvou praticamente em cima da linha. O time mineiro continuou em cima, onde aos 26 minutos, Ezequiel arriscou de fora da área, mas a bola ganhou a linha de fundo. Com forte pressão, o Cruzeiro chegou ao empate aos 27 minutos. Após um rebote de Aranha em chute de Alisson, Thiago Neves cabeceou para o fundo das redes e deixar tudo igual em 1 a 1.

 

Com 29 minutos, Thiago Neves novamente protagonizou grande jogada. O camisa 30 recebeu passe de Rafinha, passou por dois adversários, mas foi abafado por Aranha. No minuto seguinte, a virada cruzeirense quando Thiago Neves bateu o escanteio pela direita, e Manoel desviou com estilo, sem chances para Aranha desempatar em 2 a 1. A Ponte Preta tentou a resposta aos 32 minutos. Após bola rebatida, Emerson Sheik saiu cara a cara com Rafael e chutou com potência, mas o goleiro fez excepcional defesa evitando novo empate.

 

A Ponte Preta teve mais uma chance de deixar tudo igual. Em cobrança de escanteio, Elton subiu no primeiro poste e desviou por cima do gol de Rafael. O Cruzeiro voltou ao ataque  na parte final do jogo aos 46 minutos. Rafael Marques fez grande jogada pelo meio e acionou Ezequiel. O lateral direito avançou e chutou forte, para defesa de Aranha. Logo depois, o árbitro Paulo Roberto Alves Junior decretou o fim do jogo que terminou com a grande vitória de virada do Cruzeiro, pelo placar de 2 a 1 e poder garantir estar no G-4 do brasileiro com 44 pontos, já a Ponte Preta permanece com 31 podendo entrar novamente na lista do Z-4 dependendo das combinações de outros jogos desta rodada.

 

Deixe uma resposta

Topo