CRUZEIRO VENCE O MINAS E CONQUISTA O CAMPEONATO ESTADUAL DE VÔLEI

O Cruzeiro confirmou seu favoritismo e, de forma invicta, faturou pela oitava vez consecutiva o Campeonato Mineiro de Vôlei. O time celeste levou a melhor diante do rival Minas, dessa vez pelo placar de 3 sets a 1, em clássico disputado neste sábado, no ginásio do Riacho, em Contagem. Com as parciais de 25/23, 25/15, 22/25 e 25/14. O Cruzeiro fechou a campanha com oito vitórias em igual número de partidas. A hegemonia na disputa do estadual começou em 2010 e se prolongou por mais sete anos, sempre levando a melhor diante do Minas na partida decisiva. A equipe do Minas ficou em mais uma frustração e amargaram três derrotas para o grande algoz neste campeonato. Na fase de classificação, o time celeste fez 3 a 0, em Mariana, e 3 a 1, no Riachão. Na decisão, o time minas tenista foi valente e não se entregou, ao longo do duelo, mesmo com a superioridade técnica e coletiva por parte do Cruzeiro. Deu trabalho no primeiro set, decidido apenas no fim ao evitar o que poderia ser um revés por 3 a 0 ao ganhar a terceira parcial, com 25 a 22.

 

O panorama do jogo final prevaleceu mais uma vez a força e o conjunto do clube celeste, ao mostrar superioridade em quadra e mais uma vez atuando ao lado da torcida em Contagem. Presente em todos os títulos celestes no estadual. Após o jogo, o ponteiro Filipe destacou o comprometimento do grupo em mais uma conquista. “É uma pressão muito grande que poucos entendem. Eu, Serginho e Leal estamos há mais tempo na equipe, com o Marcelo Mendez e toda a comissão técnica. Mas todos do elenco sabem da responsabilidade que é jogar no Cruzeiro. Não é qualquer um que vem jogar nesse time. Tem que ter muita dedicação, muito comprometimento e entrega. O grupo todo está de parabéns, disse o então jogador cruzeirense.

 

O central Simon, eleito o melhor em quadra na decisão, marcando ao todo 13 pontos, elogiou o desempenho coletivo da equipe. “Estamos treinando bastante e é o resultado de um bom trabalho. Agora temos que continuar centrados para as competições que estão chegando, porque estamos apenas no início. Hoje nós jogamos bem. Em alguns momentos não entrava o saque, mas o bloqueio ia bem. Quando o bloqueio não ia bem, compensávamos no ataque. Isso mostra como jogamos como um time, como uma família – declarou o jogador cubano.

Deixe uma resposta

Topo